Selos alimentícios que você precisa conhecer

13.05.2019

Você é daquelas que procura, sempre que possível, ler os rótulos dos alimentos e entender seus selos e certificações? Se sim, saiba que sua prática é essencial para aprendermos mais sobre o que consumimos e o impacto que tal produto pode ter na nossa saúde e meio ambiente. Se não, é melhor repensar seus hábitos, concorda?

Selos alimentícios que você precisa conhecer

 

1. Serviço de Inspeção Federal (S.I.F)

Talvez o mais importante, dentre os selos e certificações aqui citados, o S.I.F é emitido pelo Ministério da Agricultura, o que garante que seu produto de origem animal, como carnes, pescados, leite e derivados, ovos, mel e cera de abelha, tenha passado pelos testes de qualidade instituídos e regulamentados pelo governo.

Principais doenças causadas por contaminação de carnes em geral: salmonela, cisticercose, amebíase, ciguatera, entre outras.

 

2. Selo ABICAB 

Este selo, emitido pela ABICAB (Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas), garante a segurança do consumidor em relação aos produtos citados.

Perigos: para o amendoim, existe a possibilidade de contaminação por aflatoxinas, que são relacionadas ao desenvolvimento de doenças como cirrose, hepatite b, hemorragia renal e câncer hepático.

 

3. Orgânico

Resultado de imagem para selo orgânico

Essa certificação, conferida pelo SisOrg (Sistema Brasileiro de Avaliação da Conformidade Orgânica), garante ao consumidor a ausência de agrotóxicos, adubos químicos e transgênicos, através da emissão de um certificado, que é a garantia de que aquele produto é diferente dos demais.

*Para vender na feirinha, o produtor sem certificação deve apresentar um documento chamado Declaração de Cadastro, que demonstra que ele está cadastrado junto ao MAPA (Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento) e que faz parte de um grupo que se responsabiliza por ele. Neste caso, só o produtor, alguém de sua família ou de seu grupo pode estar na barraca, vendendo o produto. Essa Declaração deve ser mostrada sempre que o consumidor e a fiscalização pedirem.

 

4. Sem glúten

Este é o principal selo destinado a produtos livres de glúten, seguros para ser consumidos por pessoas que tenham intolerância a essa proteína ou doença celíaca.

Para receber a certificação, o produto pode ter no máximo 10 ppm (10 partes por milhão) de glúten, devendo ser submetido à GFCO periodicamente para análise. Além disso, a fábrica deve passar por auditorias anuais.

 

5. Certified Humane

Certificado pela Ecocert, este selo está normalmente em carnes e outros produtos de origem animal, como ovos, leite, queijos e lã. Significa que os animais foram bem tratados antes de serem abatidos, e não viveram em condições insalubres.

A principal missão é melhorar a vida dos animais criados em fazendas e granjas direcionando a demanda do mercado para produtos elaborados com práticas mais humanizadas e responsáveis de criação.

 

6. Rainforest Aliance

Resultado de imagem para rainforest alliance certified brasil

Certificados pela Imaflora no Brasil, os produtos que têm este símbolo respeitam tanto o meio ambiente quanto as condições de salubridade dos trabalhadores. Portanto, é encontrado em produtos agropecuários, como laranja, café e carne.

 

7. Fair Trade

Resultado de imagem para fair trade

Quando um produto porta este selo, respeita o meio ambiente, elimina a intermediação comercial especulativa e garante pagamentos justos.

Por ser uma alternativa ao comércio convencional, é baseada na parceria entre produtores e consumidores, que visa melhorar as vidas e reduzir a pobreza por meio de práticas comerciais éticas. A finalidade do sistema de certificação Fairtrade é assegurar aos consumidores que os produtos adquiridos respeitem normas sociais, econômicas e ambientais especiais.

 

8. SVB Vegano

Certificação que garante que nenhum tipo de ingrediente de origem animal é utilizado no produto. Esta é uma certificação não obrigatória que visa atender uma demanda crescente dos consumidores, permitindo que eles evitem produtos que contenham leite, ovos, carnes e outros elementos de origem animal.

 

Observação:

Apesar da existência de alguns selos que garantem a qualidade e a não presença de doenças, não podemos depender apenas dos selos, é necessário fazer um armazenamento em local apropriado, como ambiente seco e fresco, e o consumo deve ser feito em curto período, verificando sempre o prazo de validade.

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1814 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm