Segundo e terceiro trimestre de gestação

04.09.2013 – Já falamos aqui sobre o desconforto do primeiro trimestre de gestação. Agora vamos abordar os desconfortos do segundo e terceiro trimestre de gestação.

O segundo trimestre compreende o 4º, 5º e 6º mês de gestação, ou seja, da 13ª semana até a 28ª semana. Em geral, é a melhor fase da gravidez, uma vez que, os desconfortos dos primeiros meses não estarão tão evidentes e a barriga ainda não estará muito grande. É também neste trimestre que sentimos o primeiro chute do bebê, um dos momentos mais esperados por nós, mamães, a barriga cresce e seu bebê já dá sinais de vitalidade, cada movimento será sentido e festejado.

O terceiro trimestre compreende o 7º, 8º e 9º mês, ou seja, da 29º até a 40º semana. Neste período, os desconfortos voltam a se acentuar, sendo importante o conhecimento das medidas de alívio, bem como, os sinais do trabalho de parto.

Confira abaixo alguns desconfortos desses trimestres:

1. Edema, varizes e risco para trombose:

As gestantes podem apresentar um acentuado inchaço nas pernas, decorrente do aumento do volume de sangue e da dificuldade do retorno venoso ao coração devido à compressão da veia cava pelo útero, deixando o sangue retido nas pernas. Além disso, apresentam aumento dos fatores de coagulação para evitar hemorragias no pós-parto, em contrapartida, há um maior risco para trombose.

oiMedidas para aliviar os desconfortos:

– Repouso em decúbito lateral para aliviar o edema;
– Uso de meia-calça elástica apropriada para gestante;
– Evitar o uso de roupas muito justas;
– Não permanecer muito tempo em pé;
– Não permanecer um longo período em uma única posição (risco para trombose)
– Descanso de 15 a 20 minutos com os membros inferiores elevados várias vezes ao dia, o que favorece a circulação sanguínea

 

2. Dores pelo corpo

A gestante pode sentir dores nas costas e dores em baixo do ventre. Nesse período, aumenta o risco de tropeços, torceduras e quedas. Alterações consequentes da ação dos hormônios da gravidez:

Amolecimento das articulações;
Relaxamento acentuado dos ligamentos;
Mudança do centro da gravidade para frente;
Alterações na coluna cervical.

dor baixo ventre


Medidas para aliviar os desconfortos:

– Utilização de cintas abdominais apropriadas;
– Evitar o uso de saltos muito altos, a fim de evitar tropeços e quedas;
– Manter uma postura correta, seja andando como sentada.

 

3. Alterações na pele:

Prurido;
Transpiração excessiva;
Ruborização;
Estrias;
Cloasma (manchas no rosto).

estrias


Medidas para aliviar os desconfortos:

– Estrias: uso de cremes e óleos hidratantes;
– Cloasma: uso de protetor solar;
– Uso de chapéu e/ou boné quando for se expor ao sol;
– Apoio psicológico.

 

4.Vias aéreas

Dificuldade em respirar (dispnéia) devido ao crescimento do útero, obstrução nasal e sangramento do nariz (Epistaxes) resultantes do aumento do fluxo sanguíneo também são frequentes.

respiracao


Medidas para aliviar os desconfortos:

– Exercitar a respiração abdominal, o que trará um alívio para a dispnéia;
– Uso de descongestionantes nasais quando o desconforto for grande, conforme orientação médica.
– Realizar manobras de compressão para os sangramentos nasais.

 

5. Vulva e Vagina:

Aumento da vascularização;
Mucosa mais espessa;
Descarga vaginal mais profusa (espessa, branca e friável) – pode ocasionar infecções vaginais de difícil tratamento.
Hiperpigmentação da vulva e vagina.

497687-vagas-temporarias-para-gestantes-2012
Medidas para aliviar os desconfortos:

– Esclarecimento das alterações fisiológicas;
– Procurar o médico caso haja algum sinal de infecções vaginais.

 

6. Ansiedade causada pela aproximação do parto:

gestante relaxando

Cuidados necessários:

– Procurar distrair-se, pois, em pouco tempo poderá desfrutar da presença de seu bebê;

– Buscar orientações quanto ao trabalho de parto para que seja capaz de reconhecer os seu sinais, lembrando que trata-se de um processo fisiológico.

 

Os demais desconfortos, bem como as medidas de alívio já foram descritos no post referente ao primeiro trimestre.

Esperamos ter contribuído para uma vivência mais positiva da gestação.

 

Você pode gostar de ler: Pré-natal é um direito garantido; Peças indispensáveis para o look da gestante e Algumas ideias de fotos para gestante

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1949 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm