O presente mais precioso que podemos dar: PRESENÇA

selo materia mae amiga

 

Hatanne Sardagna

Mãe do Guilherme

♥ “O presente mais precioso que podemos dar à alguém: PRESENÇA.”

 

18.05.2016 – Os IMENSOS esforços que fazemos para preencher os pequenos detalhes da vida dos nossos filhos, para que eles tenham boas lembranças da infância.

Mesmo que não possamos estar presentes fisicamente durante o dia inteiro, durante a semana, durante todas as atividades que desenvolvem na escola, queremos estar presentes em pensamento e no coração.

Queremos que eles façam aquele trabalhinho para nos entregar pensando em nos fazer um agrado, querendo apenas um sorriso como agradecimento. Queremos estar presentes nos detalhes, nas pequenas coisas que carregam consigo no dia a dia: um recorte de jornal, uma roupinha legal pra ir na sexta-feira, um lanchinho feito com todo amor. 

esforcos maternos (1)

Certo dia cheguei na escola do meu filho e quando entreguei ele à professora, ela me perguntou:

– A roupinha branca pra coroação tá na mochila?
– Roupa branca? Coroação? Ué, mas ele é menino…
– Não viu o bilhetinho na agenda?
– Vi, mas não li… Vi que era de coroação, achei que era para as meninas…
– Mãe, anjo não tem sexo, todos coroam aqui.
– Ai meu Deus, não trouxe nada… (especialmente roupas BRANCAS, que nunca mando para detonar na escola)
– Olha, traz na hora do almoço, a turminha dele é às 14h15.

Pronto, e agora? Não dava tempo de voltar em casa aquela hora. Teria 1 hora de almoço, não ia dar tempo de ir em casa, pegar a roupinha, levar na escola e voltar em tempo hábil.

Aí uma amiga do trabalho me sugeriu que fosse até uma lojinha baratinha perto do escritório, comprasse uma calça e uma blusa de malha branquinhas e levasse (só ir e voltar da escola dava tempo).

No meio da manhã tumultuada lá fui eu igual uma louca esbaforida ver se achava algo baratinho. Achei e ainda pedi para a moça da loja passar para mim porque ia levar direto pra escolinha.

Na hora do almoço fui eu levar a roupinha branca. Entrego à professora:

– Não deu tempo de ir em casa, mas comprei uma roupinha simples, pelo menos para ele estar de branco junto com os outros, no espírito da coroação.

E fui embora aliviada…

Uma coisa boba, uma coisa muito simples. Ele certamente não saberia se estava ou não de branco, ele iria participar de qualquer forma. Mas eu quis que ele estivesse no “climinha de anjo”.

E é através dessas atitudes que nos fazemos presentes. É assim que estamos perto dos nossos pequenos todos os dias e para sempre.

Não será fisicamente, mas será no tempo que dedicamos ao bem estar deles, à saúde deles, à terem uma infância plena e leve. 

Em algo que ele lembrar, lá na frente, adulto, “minha mãe costumava fazer assim, o meu era assim porque minha mãe gostava de tal forma…”

esforcos maternos (2)

Minha mãe com certeza está ao meu lado em CADA GESTO que dedico ao meu filho. Eu a vejo em mim, às vezes até no tom de voz que eu uso com ele. Nas blusinhas que quero passar para ele não sair amarrotado. Nos lençóis cheirosos, nos pijaminhas fofos, no cuidado com os brinquedos.

Meu pai está em toda a delicadeza das musiquinhas que eu canto para ele dormir, em cada comidinha simples e saborosa que eu faço, em cada pedacinho de carne que eu sopro para ele comer e não queimar a boquinha. Ele está na tampinha da laranja que descasquei, pequeninha, para ele poder segurar.

Os meus pais estão comigo o tempo todo, pois me deram o presente mais precioso que podemos dar à alguém: PRESENÇA.
Se não são 24h por dia, se são 10, 6 ou 4 horas, são horas dedicadas, preciosas, interessadas. Doadas e plenas.
Meu filho estará de branco no dia da coroação. Ele pode não se lembrar, mas EU vou me lembrar e saber que fiz com todo o meu amor!
E é isso que ele levará com ele para sempre.
Onde que que ele vá, eu estarei lá!

 

 

enquanto meu filho forme

Hatanne administra a página Enquanto Meu Filho Dorme, contando mais histórias sobre sua vida materna 🙂

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1675 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm