O perigo do piercing na boca

Selo Profissional-4

 

 

¬†Priscila Tripicchio –¬†Formada em Odontologia

 com especialização em ortodontia.

 

 

07.04.2015 РO uso do piercing na boca, cuja a origem foi na antiguidade, tem relação com simbolismos culturais (realeza, coragem, virilidade e espiritualidade) e também a rituais religiosos. Hoje em dia é muito comum encontrar pessoas com piercing na língua, lábios ou bochechas.

No entanto, √© importante saber que o piercing na boca, mesmo com uma boa higiene bucal, poder√° originar desde uma simples inflama√ß√£o at√© casos mais graves, como o c√Ęncer bucal.

O perigo do piercing na boca:

Infec√ß√£o:¬† A boca cont√©m milh√Ķes de bact√©rias, que podem causar infec√ß√Ķes ap√≥s a coloca√ß√£o de ¬†um piercing nessa regi√£o.

Mau h√°lito: pode ser causado pelo ac√ļmulo de alimentos na regi√£o do objeto.

Sangramento excessivo: há chances de haver grande perda de sangue se, durante a colocação do piercing, um vaso sanguíneo for perfurado pela agulha.

Inchaço e dor: são sintomas comuns de piercing na boca. Em casos mais sérios, se a língua inchar demais, poderá fechar a passagem de ar e dificultar a respiração.

Reação alérgica: geralmente se dá ao material da peça.

Fratura de dentes : o contato com o piercing pode danificar os dentes, coroas ou restaura√ß√Ķes.

Ferimento na gengiva : as peças de metal podem ferir o tecido da gengiva e causar retração gengival (descolamento da gengiva, provocando a exposição da raiz do dente), tornando os dentes mais vulneráveis a cáries e à periodontite (inflamação e infecção dos ligamentos e ossos que dão suporte aos dentes, podendo provocar o enfraquecimento e até a perda dos mesmos).

Favorece o ac√ļmulo de placa bacteriana: ¬†origina processos inflamat√≥rios na gengiva e c√°ries nos dentes.

Dificuldade de fala, degluti√ß√£o e mastiga√ß√£o: o¬†piercing aumenta a produ√ß√£o de saliva, impedindo a ¬†pron√ļncia correta das palavras, dificultando a mastiga√ß√£o e a fala.

Doenças transmissíveis pelo sangue: pode facilitar a contaminação com o vírus da hepatite B e C, com o HIV, tétano e outras doenças.

Endocardite: inflama√ß√£o das v√°lvulas e dos tecidos card√≠acos. A l√≠ngua com piercing √© uma porta permanentemente aberta para as infec√ß√Ķes, pois as bact√©rias da boca ter√£o a oportunidade de entrar na corrente sangu√≠nea, podendo chegar ao cora√ß√£o.
blog materno maes amigas piercing capa2

H√° estudos afirmando que o uso cont√≠nuo do piercing na boca e, consequentemente, a constante agress√£o da mucosa bucal pode ocasionar uma leucoplasia, isto √©, uma les√£o caracterizada por uma mancha branca, que, nos casos mais s√©rios, pode se transformar em c√Ęncer. Os riscos de c√Ęncer aumentam quando o portador do piercing tamb√©m for usu√°rio de √°lcool e cigarro.

Caso o (a) jovem esteja disposto(a) a correr todos os riscos acima, aconselho procurar um local que siga corretamente as normas de bisseguran√ßa e visitar o seu dentista a cada 6 meses para avaliar a sa√ļde bucal. √Č indicado remover o piercing pelo menos tr√™s vezes ao dia, para lavar com solu√ß√£o bactericida de clorexidina a 0,12% .

blog materno maes amigas piercing dental

 

Mas o melhor conselho que posso dar é não fazer piercing na língua! Ao invés do piercing bucal, que tal o piercing dental? Um cristal colado ao dente com o uso de resina, que não danifica nem desgasta o esmalte!

 

 

 

Segue os links de três artigos científicos sobre os perigos do piercing na boca: Link 1, Link 2 e Link 3.

 

O perigo do piercing na boca

@ M√£es Amigas

Escrito por: @ M√£es Amigas

Confira os 1949 posts publicados pela @ M√£es Amigas

Veja Tambťm
ÔĽŅ