Jogos de aprendizagem para crianças

10.02.2020 – Aprendizagem é um processo intrínseco ao ser humano e está presente durante todas as fases da vida, sendo que cada uma exige desenvolvimentos diferentes. E que tal usar jogos de aprendizagem com as crianças?

No período da infância, por exemplo, é necessário aprender a conviver em sociedade, já na fase adulta, se reinventar às mudanças é um dos aspectos mais essenciais. Por isso a aprendizagem é um procedimento que deve se manter constante e ser satisfatório.

Mas, de fato, a fase inicial da vida, a infância, é a de maior relevância para o processo de aprendizagem. A grande questão é: qual é a maneira mais eficaz de ensinar crianças? Sempre ativas e curiosas, aprendem melhor ludicamente, com brincadeiras, por exemplo. Conversamos com a especialista em aprendizagem e CLO da SG – Treinamento e Desenvolvimento, Flora Alves,  que diz que “é preciso tornar o processo atrativo para ser efetivo”.

Um bom método de aprendizagem lúdico e envolvente é o Gamifcation, conceito usado em treinamentos corporativos, que propõe a aplicação de mecanismos e dinâmicas de jogos em outros universos fora do tabuleiro ou do videogame, trazendo o jogo para a realidade. A ferramenta também é um processo facilmente adaptado para cada indivíduo, sendo assim, é um estímulo com o entendimento correto do que é atrativo e desafiador para cada um individualmente.

A especialista reconhece que de início, aplicar um método que é amplamente usado em contextos não relacionados aos jogos no cotidiano das crianças parece algo sem sentido. Mas, para compreender os benefícios da dinâmica para o público infantil, é importante ter em mente que na escola os pequenos já vivem situações gamificadas onde recebem estrelas pelo bom comportamento ou passam de ano com o alcance de notas acima da média.  Então, por que não trazer esse jeito de aprender para o dia a dia da criança?

Gamificação

Gamification nada mais é que “aprender brincando” e pode desenvolver nas crianças diversas habilidades, como a linguagem, a concentração, além de estímulos motores e expressão corporal. Este processo vai muito além do modo convencional de ensino e, por ser atrativo, gera interesse nas crianças, que aprendem sem perceber.

O ponto chave para aplicar o gamification no contexto infantil, é desenvolvê-lo de modo com que os pequenos se sintam motivados alcançando seus objetivo por ajudar em tarefas domésticas ou brincando a cada término das tarefas escolares. É importante ter objetivos claros e de simples entendimento para a criança, além de estabelecer uma rotina e horários. Uma dica para organizar as tarefas de maneira gamificada é criar um quadro de deveres, no qual, toda vez que o filho realizar um, ele ganha pontos para realizar o que queira, como ir ao parque, por exemplo. Assim, a criança aprende a criar responsabilidades e alcançar seus objetivos de maneira mais agradável.

Se você aplicar na sua casa com seus filhos, nos conte aqui como está sendo esse processo.

Fonte: Flora Alves – especialista em aprendizagem.

Confira também:

Como fazer um painel sensorial para as crianças

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1950 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm