Doação ABESE

Hoje a Associação Beneficente Semeando Esperança completa 10 anos e nós decidimos comemorar junto com eles. 
A ABESE é uma associação com fins não econômicos, que se propõe, sem qualquer descriminação, a desenvolver trabalhos de atenção à criança, ao adolescente e à família.

No bazar do dia das mães desse ano pedimos para cada integrante do Grupo Mães Amigas, doar produtos de higiene e materiais escolares para as crianças e adolescentes dessa associação.
Enquanto algumas mães deixaram sua doação na caixa de papelão na entrada do bazar, outras preferiram doar em dinheiro e algumas cederam produtos novos para serem vendidos e, com o dinheiro dessa venda, pudemos completar a lista dos produtos que a ABESE havia solicitado.
Dia 29 de Agosto desse ano acordamos com um compromisso. Entregar na associação tudo que foi arrecadado… Mas acreditem, nesse dia recebemos muito mais que entregamos… 

Todos esperavam por nós! Os responsáveis abriram o portão de ferro e nos encaminharam a uma mesa que possivelmente é onde as crianças fazem as atividades educativas. Os meninos e meninas, que estavam brincando de corda, pararam de pular e correram até a mesa para olhar o que tirávamos de cada sacola.
Pouco a pouco uma roda se formou em volta de nós e pudemos olhar cada olhinho brilhante, cada sorriso e cada expectativa que estava instalada naquele momento. A primeira coisa que ouvimos foi:

“Nossa!!! Quanta escova de dente…!!!”
De fato… Levamos muitas escovas de dente, pois a fundadora da associação, Sinlene Lopes Ferreira, havia nos contado que, como muitos não tinham escova de dente, alguns escovavam com os dedos. Isso foi o suficiente para darmos preferência a esse produto.
“Ai se algum de vocês não escovarem o dente agora, em???” – eu disse sem pensar muito na reação… Mas para minha surpresa, todos riram e curtiram a brincadeira espontânea.
Ainda nessa roda falamos de profissões, sonhos e responsabilidades. Alguns me reconheceram como apresentadora do Canal 25 da Net e fizeram perguntas sobre o meu trabalho. Outros observavam com muita atenção cada gesto da fotógrafa Ana Barbi, parceira do grupo que foi junto para registrar cada momento.

“Você é fotógrafa?” – perguntaram a Ana com um “ton” de “quero saber mais”…

Ana Barbi e muita sensibilidade
Registrando os bastidores
Foi mágico! Para mim (e creio que para as outras também), foi uma manhã muito prazerosa!
Foto “como pede o figurino”
 Foto como manda “um dia especial”
 E antes de irmos embora… eu não resisti!
“Um homem bateu em minha porta e eu abri…
Senhoras e Senhores põe a mão no chão…
Senhoras e Senhores pulem de um pé só…
Senhoras e Senhores dê uma rodadinha…
E vá para o olho da Ruuuaaaaa…..”
A última vez que eu pulei corda foi quando eu tinha 10 anos…rsrsrs… Quase morri!!! Mas consegui pelo menos chegar na parte da música que pede para colocar a mão no chão! Foi muito bom…
Até a próxima… Agente se cruza!
A associação está localizada em uma área de invasão em que a criança e o adolescente estão expostos no seu cotidiano a conviver com o tráfico de drogas e a violência com uma população de aproximadamente duas mil famílias, não conta com infra-estrutura completa, falta asfalto, esgoto, segurança, é alto índice de consumo e trafico na favela, o que traz risco para as crianças e adolescentes permanecerem em casa, ou nas ruas no período oposto as aulas, enquanto seus responsáveis trabalham, ou mesmo se ausentam.
Enfrentamos diariamente uma luta para mantermos a integridade física e moral de nossos atendidos, pois muitos sofrem de abuso em casa, são forçados pelos pais a trabalharem no trafico, enfim cada dia são diferentes dificuldades que enfrentemos e lutamos para resolver.
Atendemos crianças e adolescentes  na faixa etária de 6 a 14 anos com  uma meta mensal de 50 crianças, imposta pelas dificuldades do espaço  institucional para desenvolvimento das atividades. 
São desenvolvidas atividades esportivas, artísticas e de inclusão social, através de oficinas, rodas de conversas, passeios culturais, também oferecemos almoço e lanche para as duas turmas manhã/ tarde e atendimento, orientação e auxilio as famílias. Constatamos através de nossos  registros que há uma fila de espera de  35 crianças e adolescentes.
A ABESE pretende também possibilitar a melhoria da qualidade de vida às crianças e adolescentes, que são atendidos em período complementar ao escolar, desenvolvendo neles uma consciência crítico reflexiva; a construção de um sentido pessoal para a vida; uma atitude harmoniosa e equilibrada perante o mundo, em que, sentimentos, imaginação e razão se integram, assumindo sentidos e valores dados à vida no agir cotidiano. É importante considerar que o trabalho visa desenvolver uma relação integrada entre a ABESE e as famílias dos atendidos.Sinlene Lopes Ferreira, fundadora da ABESE

Associação Beneficente Semeando Esperança
abese@ig.com.br
Rua Custódio Teixeira, 1.175, Campinas/SP, Vila Georgina
Tel.: (19) 3271-7306


 

Agradecimento:

Curta a nossa página do Facebook
@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1949 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm