Disciplina Positiva na Amamentação

06.08.2019 – Como usar a gentileza e firmeza, disciplina positiva na amamentação? Com a chegada deste mês, o Agosto Dourado é uma campanha que incentiva e valoriza ações de apoio à amamentação. A cor dourada está relacionada ao padrão ouro de qualidade do leite materno. É uma cor toda especial, que já percorre o mundo com o seu laço simbólico. São trinta dias, em que são celebrados a promoção, a proteção e o apoio ao aleitamento.

Mariana Aspasio

Mãe da Helena e Francisco, nutricionista comportamental infantil, pós-graduada em doenças crônicas não degenerativas não transmissível pelo hospital israelita Albert Einstein e educadora parental pela Positive Discipline Association

Instagram: @mariaspasio

 

Porque a amamentação é tão importante?

Conhecido como o melhor alimento do mundo o leite materno contém os macros e micronutrientes ideais na quantidade certa e em suas melhores formas de absorção, anticorpos prevenindo uma série de doenças. Além de suas propriedades nutricionais ajuda no desenvolvimento motor, cognitivo, psicossocial e orofacial (facilitando processo de introdução alimentar). Também já temos estudos comprovando que o aleitamento materno previne doenças crônicas futuras, além do vinculo fortalecido mãe e filho.

Como se conectar neste ato com seu filho?

Embora o bebê já tenha nascido, ele permanece em simbiose com a mãe. Necessita sentir o cheiro, o conforto, o aconchego e a voz dessa mulher, por isso este ato irá proporcionar o primeiro vínculo que o bebê cria em sua vida. Dizemos que além de nutrir o corpo, alimenta a alma. A grande dica para a conexão ser perfeita é a ENTREGA da mãe neste momento.

Como amamentar usando a Disciplina Positiva?

Como de forma geral, a alimentação envolve um dos maiores desafios como mãe para com o bebê. O fortalecimento dessa conexão na hora de alimentá-lo é imprescindível, seja da forma que for.

Quando chega a hora da amamentação, muitas mães se dão conta que é um tanto mais desafiador que parecia. Por isso, decida o que se adequa melhor à sua realidade e a de seu filho, peça ajuda à rede de apoio não só para cuidar do bebê, mas de todo o resto. Acredite e confie! Você sabe muito mais que imagina sobre seu bebê.


“O ato de amamentar é um momento de muito acolhimento. É uma entrega para que surja a conexão, o respeito, a segurança…

Você pode e deve conversar com o bebê, explicando como é importante para vocês esse momento, demonstrando como é necessário, desde já, aprenderem juntos um com o outro. Como encontrar as posições mais confortáveis, como será organizada a rotina ou livre demanda.

Você pode perceber como é possível desde tão cedo já se conectar para ser firme e gentil.”

Agosto dourado: vamos quebrar os tabus da amamentação

Infelizmente estudos científicos mostram o impacto dos mitos e crenças na amamentação, pois justificam a completação precoce. Os campeões são “leite fraco”, “pouco leite”, “o bebê não quis pegar o peito”, “o leite materno não mata a sede do bebê” e “os seios caem com a lactação” expressões que provocam insegurança da mulher na fase delicada e profunda do puerpério.

 

Alguns esclarecimentos:

Existe leite fraco? Não existe leite fraco.

Só o meu leite não sustenta e o bebê chora com fome. O choro do bebê nem sempre é de fome.

Criança que nasceu prematura (antes do tempo) ou com baixo peso (menos de 2 quilos e meio) não deve mamar no peito. Embora possa ter dificuldade de sugar inicialmente, são os que mais precisam do leite materno.

Dar de mamar faz os peitos caírem. Vários outros fatores como idade, mudança de peso, etc influenciam nisso.

Seios pequenos produzem menos leite. O tamanho das mamas é relacionado ao tecido gorduroso e não a glândula produtora de leite.

Cerveja preta, canjica, água inglesa e outros alimentos aumentam a produção de leite. Mito, Líquidos de forma geral aumentam a produção de leite. Lembrando que não existe quantidade segura para consumo de bebida alcoólica durante a amamentação.

A mulher que estiver amamentando não pode ingerir bebidas ácidas como suco de laranja ou limão. Os alimentos ácidos não talham o leite.

Existe uma posição ideal para amamentar. A melhor posição é aquela mais confortável para a mãe e o bebê.

 

Confira também:

UNIVERSO POLYANA: Amamentação de prematuro

 

Amamentação exclusiva diminui o interesse pela chupeta

Alessandra Assumpção

Escrito por: Alessandra Assumpção

Confira os 56 posts publicados pela Alessandra Assumpção

Veja Tambm