Dicas para entreter as crianças nesta quarentena

22.04.2020 – A interrupção súbita da rotina familiar e a falta de atividade social podem ser bastante estressantes e geradores de ansiedade para as crianças. Separamos algumas dicas para entreter as crianças neste período.

De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), a situação pode ser ainda mais difícil se os pais estiverem enfrentando seus próprios medos, isso porque o estresse dos adultos é sabiamente transmitido para os pequenos e, em uma situação como a que o mundo está vivenciando, quando o esgotamento físico e emocional torna-se elevado e diário, o ambiente pode acabar tornando-se tóxico para ambos.

Neste cenário, cabe aos pais ou responsáveis adaptarem o dia a dia das crianças de acordo com essa nova realidade. E entre as inúmeras atividades que podem ser praticadas com os filhos, o Yoga ganha destaque porque é uma excelente alternativa para tirá-los da frente dos celulares e videogames e criar uma conexão diferente.

Conversamos com Priscilla Leite, que vive em Los Angeles com o seu esposo Darren, fillho Oliver e cachorrinha Sky e é professora de yoga.

Yoga com diversão

A professora explica que o Yoga é uma maneira divertida para as crianças desenvolverem uma variedade de habilidades importantes durante a infância, tornando-se um importante facilitador do desenvolvimento físico, emocional e cognitivo saudável. “Fazendo yoga, as crianças se exercitam, brincam, se conectam mais profundamente com o eu interior e desenvolvem um relacionamento íntimo com o mundo natural que os rodeia. O yoga traz à superfície a maravilhosa luz interior que todas as crianças têm” destaca.

Para isso, a especialista criou uma série de aulas onlines gratuitas que podem ser vistas através do seu canal no Youtube e seguidas passo a passo, elas ajudam as crianças em:

  • Desenvolve a consciência corporal;
  • Eles aprendem a usar o corpo de maneira saudável;
  • Gerenciar o estresse através da respiração, consciência, meditação e movimento saudável;
  • Aumenta a concentração, a confiança e auto-imagem positiva;

POSTURA DO CACHORRO
Comece sobre os quatro apoios. Firme os dedos dos pés e eleve os quadris para o alto, com os glúteos voltados para o teto e a coluna longa. Deixe a cabeça solta para que o pescoço se alongue.

A região do pulso deve ficar paralela à borda da frente do tapete. Pressione o chão com as juntas das mãos e os dois primeiros dedos (polegar e indicador) para aliviar a pressão nos punhos. Respire profundamente pelo menos três vezes nessa posição.

POSTURA DA CADEIRA
Comece em pé. Depois flexione os joelhos, empurre os quadris para baixo e para trás como se estivesse se sentando em uma cadeira, e eleve os braços para o alto até que fiquem nas laterais do rosto.

Olhe para frente e certifique-se de poder enxergar os dedos do pé. Se não conseguir, sente-se mais para trás até que possa. Abaixe os ombros, distanciando-os das orelhas, e olhe levemente para cima. Respire profundamente pelo menos três vezes nessa posição.

POSTURA DA COBRA
Comece deitado de bruços com os pés levemente separados. Posicione as palmas das mãos sob os ombros e depois alongue-se encaixando o cóccix e comece a empurrar o tórax para frente e para cima. Mantenha os cotovelos próximos ao corpo e comece a esticar os braços até um ângulo que não force as costas. Olhe levemente para cima. Respire profundamente pelo menos três vezes nessa posição.

POSTURA DA ÁRVORE
Fique em pé com um pé e gire o joelho oposto. Em seguida, coloque a planta do pé oposto no tornozelo, panturrilha ou coxa. (Evite colocar a sola na parte interna do joelho.) Coloque as palmas das mãos juntas na frente do coração ou encare-as com as palmas para cima.

Dica extra:

O importante é jamais forçar uma criança a praticar só porque você gostaria que ela praticasse. Organize para que:

  • Quando possível deixe a criança apenas te observar praticando;
  • Se a criança tiver interesse vocês podem praticar juntos;
  • A criança não precisa fazer a aula de cabo a rabo – é para ser mais uma brincadeira que aos poucos a criança por si mesma vai descobrindo a sua respiração, aprendendo os nomes das posturas e assim por diante.

 

Confira também:

7 séries da Netflix para ver em família

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1951 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm