Cuidados para garantir a segurança das crianças em casa

18.05.2020 – Quem tem criança em casa sabe: segurança deve estar sempre em primeiro lugar. Em tempo de quarentena, quando a casa recebe, ao mesmo tempo, as funções de lar, escola e espaço de lazer, muitos pais ampliam a sua preocupação com adaptações que devem ser feitas para receber os pequenos em tempo integral – e sem nenhuma dor de cabeça. Quais os cuidados pra garantir a segurança das crianças em casa, então?

Janelas, quinas e tomadas são os grandes – e muito conhecidos – vilões das casas com crianças… mas existem muitos outros. Profissionais de arquitetura e decoração elaboraram os pontos que devem ser observados com atenção para deixar o lar seguro para as crianças durante a temporada em casa.

As dicas são da arquiteta Karina Korn, do escritório Karina Korn Arquitetura e os designers de interiores Henrique Freneda, do Freneda Interiores, e Mariana Rodrigues, do Arbore Design de Interiores

Cuidados Gerais

De forma geral, imóvel com criança demanda cuidados específicos em todas as faixas etárias, mas com uma dedicação redobrada para os filhos que começam a engatinhar e aqueles que estão com idade entre 2 e 3 anos. O mercado dispõe de protetores de quinas em silicone e fitas de espuma que colaboram para atenuar essas questões.

 

Atenção

Vidros em uma altura de até 60 cm devem ser alerta.

Janelas e sacadas devem ser fechadas com telas. Para as versões basculantes, a dica é utilizar uma correntinha para limitar a abertura.

Tomadas também pedem atenção dos pais, que por sua vez devem tampar todas as saídas que estejam no alcance das crianças usando protetores próprios para isso.

Pensando em fios, é hora de encapá-los com fita isolante e organizar aquele emaranhado que deixamos passar no dia a dia.

Salas

Mesas de centro e laterais também devem sair de cena para a livre circulação na sala de estar.

Passadeiras e tapetes pequenos não devem ser usados, pois os pequenos podem escorregar. Mas está errado pensar que as peças não são bem-vindas. Pelo contrário! Os modelos grandes, principalmente que ficam presos embaixo do sofá, são indicados e perfeitos para os pequenos brincarem e evitar o contato com piso frio, por exemplo.

Para a decoraçãoevite objetos pequenos, ou com pecinhas soltas que podem acabar na boca das crianças. Itens quebráveis e frágeis, como vidro e cristal não devem estar no acesso, pois podem se romperem com facilidade e provocar sérios acidentes.

No caso da sala de jantar, evite usar toalhas longas, pois as crianças podem puxar e arrastar o que estiver em cima.

Quarto dos pequenos

O cantinho do descanso também inspira cuidados devido à fragilidade dos primeiros meses e anos de vida – desde a composição dos móveis, até os objetos pueris. Um dos itens que inspira precaução é o móbile instalado no berço.

Olhar aguçado para as prateleiras do dormitório, que não devem apresentar brinquedos ou outros objetos pesados, assim como as gavetas das cômodas e guarda-roupas.

Ventilação para a circulação de ar benéfica para a saúde. Pensando na janela, em hipótese alguma a cama pode se tornar um ‘trampolim’ de acesso para alcançá-la.

Cozinha e lavanderia

Os armários que ficam ao alcance das crianças também devem ser revisados, principalmente na cozinha e na área de serviço. Produtos de limpeza devem ser reposicionados no alto e longe do alcance das pequenas mãozinhas. Na cozinha, facas também precisam ser guardadas em locais mais alto, assim como potes e travessas quebráveis.

Forno e fogão também destacam outro alerta máximo. Ao cozinhar ou assar, a porta da cozinha, se possível, deve estar fechada ou protegida por meio de grade retráteis que são encaixadas no vão da porta – uma medida eficaz para os menores de 3 anos.

Banheiro

Apesar dos poucos elementos, o banheiro pode oferecer muitos riscos. A bacia sanitária é o primeiro item que merece cuidado, já que as crianças costumam subir – um risco iminente de queda. Além disso, manter a tampa sempre fechada inibe que os pequenos mexam na parte interna e se afoguem.

Remédios, vitaminas e antissépticos devem ficar fora do alcance das crianças pois oferecem o risco de intoxicação. Guarde utensílios afiados, como tesouras, alicates e lâminas de barbear fechados em um lugar seguro.

 

Confira também:

Dicas para manter a casa segura em tempos de pandemia

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1950 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm