Incentivando a criatividade infantil

13.08.2019 – Seu filho gosta do faz-de-conta?  Gosta de se imaginar em diversos papéis? Você já parou para pensar na criatividade infantil?

A criatividade é um talento importante e que deve ser incentivado desde cedo nas crianças. Ela garante habilidade e felicidade tanto para efeito imediato como para esse futuro adulto.

Pequenas atitudes diárias podem ser realizadas para desenvolver e estimular a criatividade infantil, veja algumas dicas que separamos para você:

  • Deixe se sujar

Usar tintas, argila, canetinhas, massa de modelar e papéis são uma ótima forma de exercitar a criatividade. Separe um canto da casa para isso, e deixe a diversão e a sujeira rolar solta com a criança;

  • Deixe a criança praticar o “nadismo”

Ensine a criança a aproveitar o tempo livre, ou seja, ficar sem fazer nada. Isso estimula a imaginação e abre espaço para criar histórias, brincadeiras e ideias novas;

  • Deixa que encontre as próprias respostas

Em um desenho por exemplo, qual o problema da criança pintar a grama de azul? Se ela te perguntar, devolva a pergunta falando sobre o que ela acha de ter a grama azul. Não diga a criança que ela está errada, no processo criativo não existe resposta certa. 

  • Incentive hobbies

Deixe a criança se aproximar de atividades que mais gosta, isso estimula ela a aprender, experimentar e descobrir coisas novas. Isso motiva e dá animação para que ela possa se desenvolver.

  • Motive o processo criativo

“Em um ambiente livre de ameaças, onde a curiosidade e a criatividade sejam estimuladas, a criança age com confiança e, conseqüentemente, a aprendizagem acontece; é necessário que ela sinta que pode confiar… A motivação é determinante para o comportamento das pessoas e, por conseguinte, do comportamento criativo”, segundo doutorado da pedagoga e doutora em Educação Ana Cristina Fagundes Schirmer.

Deixe a criança brincar! 

De acordo com a doutora as atitudes criativas levam à autoconfiança, pelo estímulo ao desenvolvimento de aptidões e conhecimento das características e limitações pessoais.

Por isso deixe a criança exercitar sua criatividade e permita que ela seja curiosa, resolva problemas e se comporte socialmente da forma que ela aprende com você, com o exemplo.

 

Confira também:

A importância do ócio para as crianças

 

Alessandra Assumpção

Escrito por: Alessandra Assumpção

Confira os 16 posts publicados pela Alessandra Assumpção

Veja Também