UNIVERSO POLYANA: O som do coração

05.08.2013 – Se você fechar os olhos, como August Rush, e for capaz de ouvir o som do coração, saberá qual caminho seguir e com certeza será mais feliz. Esse é o exercício que aprendi a fazer e o dom que eu acredito que toda mãe pode adquirir.

Esse final de semana assisti “August Rush”, mais conhecido no Brasil como “O som do coração”. O filme conta a história de Evan, um menino de 11 anos, que cresce em um orfanato. Ele tem um dom e escuta música em tudo e a todo momento. Ele acredita que estes sons são uma espécie de mensagem para encontrar os seus pais, os quais ele nunca os conheceu. E para saber se isso é verdade te convido a assisti-lo!

“O som do coração” te envolve em uma história com muita música e mostra que vale a pena escutar aquilo que a vida está tentando nos mostrar. Eu, particularmente, sempre acreditei muito em sinais, eu amo música e eu sou mãe. Então, a união desses fatores colaborou para que eu adorasse o filme.

Ao longo do nossa vida, é fato que iremos nos deparar com algumas situações onde ouviremos os mais variados sons… ou em outras palavras: conselhos. São tantas opções e maneiras diferentes de lidar com a situação que às vezes ficamos na dúvida, em pânico e indecisas em encará-las de frente. E são nessas horas que devemos nos lembrar de ouvir mais atentamente aquele “sopro”, que parece não parar de soar nos nossos ouvidos, e seguir a nossa intuição sem medo de errar, de experimentar ou de receber uma crítica.

pingente-menino-maes-amigasMe lembro de estar grávida de algumas semanas e ir almoçar no shopping com minha mãe. Na saída, eu chutei alguma coisa que me fez procurar o que era. Quando eu agachei e peguei na minha mão um pingente de menino, tive certeza que meu filho seria um menino. E todos diziam “Será?!” e eu dizia que sim! Eu sentia que era. Foi como um sopro, e de fato, era um menino! rs

A escolha do nome do meu filho então, veio desse momento. Miguel era o nome de um dos arcanjos de Deus, que me enviara esse sinal. É por essa razão que o meu Miguel se chama Miguel!

Sei que, em muitos momentos da vida, nos sentimos perdidos. Ficamos tão tristes que não conseguimos pensar em nada positivo. A tendência é sempre pensar o pior. Foi assim quando eu terminei o relacionamento com meu marido uma vez, quando perdi o meu pai, quando discuti com alguém que eu não queria. Me sentia “pesada”. Então, uma amiga muito sábia me ensinou que eu não deveria ficar “matutando” e “alimentando” tal situação. Sabe quando a gente fica o dia inteirinho pensando no que aconteceu?! Então… Ela me ensinou que eu deveria focar meu pensamento em outra coisa, em algo bom. E todas as vezes que eu me visse pegando no momento triste, deveria desviá-lo para uma vibração positiva… que na verdade nada mais era do que fechar os olhos e mentalizar todas as coisas boas que já tinham acontecido comigo ou que poderiam ainda acontecer.

Ela dizia que essas vibrações poderiam me levar para “um campo” que me irradiasse muita paz e, com isso, eu talvez conseguisse tomar minhas decisões sem pressão, sem raiva e sem tristeza… resolveria a minha situação no tempo certo apenas ouvindo o meu coração.

Quanto mais pensarmos em coisas positivas, mais seremos atraídos para as coisas boas da vida. Quanto mais acreditarmos nas nossas decisões, principalmente aquelas que vem do coração, maiores serão as chances de termos sucesso. De uma certa forma, eu acredito que o tempo todo estamos ouvindo “esses sons”, mas muitas vezes, o que falta, é deixar que o coração fale mais alto. Então, vamos nos permitir escutá-lo para ter a nossa consciência tranquila e tentar ser mais feliz!

Sei que não é fácil. Eu tenho os meus defeitos, as minhas indecisões, os meus momentos ruins. Mas estou sempre exercitando tudo o que ela me ensinou. E faço assim porque me sinto melhor, mais leve!

Repasso então, esse ensinamento a vocês e torço para que nós sempre possamos fechar os olhos nas situações mais “desesperadoras” e ouvir o som que nos levará para o melhor caminho. Vamos começar a semana vibrando com coisas boas e acreditando que a vida é a soma de todas as nossas escolhas.

Um beijo e boa sorte 😉

Você poderá gostar de ler: UNIVERSO POLYANA – Só uma ida ao shopping

Polyana Pinheiro

Escrito por: Polyana Pinheiro

Confira os 135 posts publicados pela Polyana Pinheiro

Veja Tambm