7 angústias maternas compartilhadas pela Sabrina Sato. Você também viveu?

Sabrina deu à luz Zoe no dia 28 de novembro de 2018, na maternidade Pro Matre Paulista, em São Paulo. (Foto: Instagram/Sabrina Sato)

 

11.03.2019 – O ditado popular diz que “mães são todas iguais, só muda o nome e o endereço”. Será que é mesmo assim? Desde a gestação de Zoe, que nasceu em novembro de 2018, Sabrina Sato já revelou que burla recomendações médicas, perdeu a qualidade do sono e, quando precisa se ausentar, liga para a mãe o tempo todo para perguntar da pequena. Se identificou? Leia mais abaixo!

 

7 angústias maternas compartilhadas pela Sabrina Sato

1. Sofrer com cada “primeira vez”

Perguntada sobre a rotina que passou a ter após o nascimento de Zoe, Sabrina disse, em entrevista ao G1, que tem sofrido com cada compromisso que já fazia parte do seu dia-a-dia antes do nascimento da pequena, mas agora são um novo desafio. “A primeira vez que fui trabalhar, a primeira vez que viajei de avião…”, contou. Segundo ela, o motivo da angústia é ter que se ausentar da pequena por um tempo.

 

2. Ligar o tempo todo para a pessoa que ficou cuidando da bebê

Também ao G1, a musa comentou que, quando precisa se ausentar da filha, liga para a mãe o tempo todo para saber como a pequena está. “Ligo para a minha mãe o tempo todo para saber como ela está e faço de tudo para que ela não perceba que eu não estou em casa. Tiro o leite e já deixo para ela mamar. Vou e volto correndo para que ela não sinta a minha falta. Mas a verdade é que eu sinto muito mais”, brincou.

 

3. Esquecer como eram as coisas antes da gestação

Na reta final da gestação, Sabrina comentou que não se lembrava mais de como era viver sem estar grávida. “Parece até que estou grávida há um ano e é muito doido, porque não me lembro mais como era antes!”, contou.

 

4. Lidar com opiniões contrárias (de pessoas próximas!) sobre o nome do bebê

Em entrevista à Pure People, Sabrina revelou que a sogra, o pai e a mãe não gostaram muito do nome Zoe, escolhido por ela para chamar a filha. A opção também não era a primeira escolha do noivo, mas ele aceitou a sugestão dela. “Eu fiquei muito feliz porque eu sei que, se fosse por ele (Duda Nale), escolheria um nome mais tradicional. Mas, pelo amor que ele sente por mim e por ela, resolveu escolher um nome que tem mais a nossa cara”, disse a musa, cuja herdeira herdou seus traços orientais.

 

5. Perder a qualidade do sono

Quem já acompanhava a Sabrina nas redes sociais antes da gestação provavelmente ouviu ou leu a musa contando que costumava ter o sono pesado. No sétimo mês de gestação, porém, ela revelou que as coisas começaram a mudar. “Além dos sonhos malucos que eu tenho vergonha de contar para qualquer pessoa, eu acordo com muita facilidade. Eu acordei umas 3h30 para fazer xixi e depois não dormi mais”, compartilhou. A rainha de bateria também detalhou outro incômodo: “Fora a posição que você quer dormir de um jeito, só que você sabe que o recomendado é outro. Pelo menos foi o que eu li. Tem que dormir para o lado esquerdo e eu quero dormir para o direito. Então é complicado”.

 

6. Reaver conceitos que pensava que não iria mudar

Sabrina compartilhou que pensava que não ia precisar de babá, mas um conselho da irmã, Karina Sato, a fez repensar. “Eu achava que não ia precisar de babá e de nada. Minha irmã falou: ‘Eu ainda tenho que economizar, mas você pode pagar. Tenha alguém para te auxiliar, não acha que você vai querer fazer tudo'”, contou

 

7. Desobedecer algumas recomendações médicas

Em entrevista ao programa Domingo Espetacular, da TV Record, Sabrina revelou que coloca Zoe para dormir entre ela e o marido, Duda Nagle – atitude desaprovada pelo médico da pequena. “Vou falar uma coisa para vocês, isso não pode fazer. O pediatra dela vai brigar comigo. Eu dou de mamar de madrugada, e eu não aguento ver aquela carinha gostosa e coloco ela para dormir na minha cama, entre eu e o Duda. Aí eu falo: ‘Duda, você fica acordado um poquinho e não se mexe’. Dá um medo de [machucar a Zoe]… Mas aí eu fico olhando pra cara dela, e é tão bom sentir o cheirinho”, compartilhou.

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1675 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm