Papinha no liquidificador, pode ou não pode?

03.05.2013 – A mamãe escolheu os ingredientes com todo cuidado e carinho! Mas, na hora do preparo aquela dúvida: bater ou não a papinha no liquidificador!

No início, parece que a criança está cuspindo os alimentos e não coordena muito bem os movimentos, tende a sugar a colher e colocar a língua para fora. Mas, aos poucos, o bebê vira um craque na arte de se alimentar!

Já na sua primeira papinha, o bebê deve receber a comida numa consistência pastosa: podemos amassar bastante, desfiar bem desfiadinho e até peneirar, mas apenas isso!! Conforme os dentinhos vão aparecendo e o tempo vai passando, temos que deixar pedacinhos, fios de carne e grãos.  E, quando o bebê completar 1 ano, poderá comer a comida da família: arroz, feijão, carne, verduras cozidas, frutas inteiras! É fundamental a supervisão de um adulto durante a refeição do bebê, pois engasgos podem ocorrer e fazem parte do processo de aprendizagem!

A mastigação precisa ser desenvolvida desde o início da alimentação complementar e, por isso, devemos oferecer alimentos macios e pastosos desde o início, para estimular os músculos e os movimentos de mastigação. O liquidificador, além de deixar a papinha muito líquida, parecendo um suco salgado, tritura as fibras e, com isso perdemos um componente muito importante da dieta do bebê e podemos ter um bebê com prisão de ventre.

Uma papinha líquida dificilmente terá uma boa densidade calórica. Para conseguir atender suas necessidades nutricionais, o bebê teria que ingerir grandes quantidades, o que não é possível devido ao seu pequenino estômago.

Receitinha saudável!

maes amigas_papinha

Batata de carne, beterraba e couve-flor

Ingredientes:

1 colher (sobremesa) de óleo vegetal

1 colher (chá) de cebola picada

2 colheres (sopa) de carne moída

1 batata pequena cortada em cubos pequenos

½ beterraba pequena cortada em cubos pequenos

2 colheres (sopa) de couve-flor picada

2 colheres (sopa) de couve picada

Modo de preparo:

Em uma panela, aqueça o óleo e refogue a cebola e a carne moída. Acrescente em seguida a batata e a beterraba. Cubra com água, tampe a panela e cozinhe até que todos os ingredientes estejam bem macios e com um pouco de caldo. Junte a couve-flor e a couve e cozinhe por mais 5 minutos. Amasse todos os ingredientes com um garfo e sirva.

Rendimento: 1 ou 2 porções

 

Placa-colunistas-carol

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1304 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também