Venci a endometriose e realizei meu sonho

Venci a endometriose e realizei meu sonho

 

Kerly Pereira de Souza
Mãe da Olivia
♥ “Chorei, gritei, agradeci a Deus, corri pra fazer um Beta que também deu positivo…”

 

Venci a endometriose e realizei meu sonho

31.07.17 – Em maio de 2014, depois de tentar engravidar durante quase quatro anos e sentir muita cólica, até mesmo desmaiar de tanta dor, fui diagnosticada com endometriose profunda de quarto grau nos ovários, trompas e intestino. Era um caso considerado grave, precisava até mesmo de cirurgia, e provavelmente eu teria que fazer uma FIV (fertilização in vitro).

O que é endometriose? O que é FIV? Isso que me deixou infértil? Eu não sabia nada sobre o assunto. Fui buscar informações sobre a cobertura do procedimento no meu convenio médico e também iniciei um tratamento com um especialista. O valor foi bem alto pra minha situação financeira na época, quase 17 mil reais.

Meu chão caiu, chorei muito, senti muito medo, não queria operar. Fiquei bem confusa, pois vi casos de endometriose em que a paciente nunca conseguia engravidar, e nós não tínhamos dinheiro pra fazer a fertilização e realizar nosso sonho de ter um filho.

O ano de 2014 se tornou o pior ano da minha vida. Cheguei ao ponto de pedir o divórcio para meu esposo, afinal o sonho dele sempre foi ser pai. Falei pra ele procurar uma mulher que pudesse dar o filho que ele tanto queria. Foi horrível dizer isso, mas era o que eu estava sentindo na época. Ele como sempre muito companheiro e compreensivo, disse que jamais iria se separar de mim e que se nosso destino fosse não ter um filho do nosso sangue, teríamos um de coração.

Fiz minha cirurgia de videolaparoscopia e ocorreu tudo bem, graças a Deus. Retirei 9cm de intestino e fiz cauterização nas trompas e ovários. Três meses depois, começamos as tentativas para engravidar. Cada ciclo era um choro, cada menstruação era um dor no coração. Todo mês eu ficava uns 4 dias entristecida e sem vontade de viver, e enquanto isso o médico que me operou, estava louco para fazer a FIV. Além de eu não ter o dinheiro para fazer a fertilização eu só tinha 30% de chance de ter sucesso, eu quase simplesmente desisti.

Já fazia quase 2 anos que havia feito a cirurgia e nada do nosso bebezinho vir. Estávamos pensando seriamente em entrar pra lista de adoção. Até que, em agosto de 2016, quando eu nem pensava mais em engravidar, minha menstruação atrasou 3 dias. Eu, já acostumada com os testes negativos, fiz um de farmácia só por fazer e quando vi dois tracinhos não acreditei!

Eu estava a trabalho, em Curitiba, num quarto de hotel. Chorei, gritei, agradeci a Deus, corri pra fazer um Beta que também deu positivo. Passei a noite em claro pensando em como contaria para meu esposo. Na época, faltavam 4 dias para o dia dos pais, resolvi guardar segredo e contar no almoço de família.

Comprei um kit de roupinha e sapatinhos amarelos e na hora de entregar os presentes chamei meu esposo e entreguei pra ele. Acreditem se quiser, ele passou mal, teve queda de pressão rs. A família ficou muito feliz, todos nós choramos muito, afinal esse já não era um sonho apenas meu e do meu marido.

Olivia nasceu de um parto natural lindoooo, é nosso, nosso milagrinho! Com apenas 3 meses ela já nos transformou em pessoas melhores e mais felizes do que nunca.

Essa é a minha história, espero que encoraje e dê força para mulheres que também tenham endometriose. Nunca desistam de seus sonhos, tudo tem seu tempo, e Deus sabe o melhor momento para cada uma de nós. Um grande beijo a todas.

Venci a endometriose e realizei meu sonho

 

Confira Também:

Esterilidade, infertilidade e a dificuldade em engravidar

Foram quase 3 anos de gestação…

Ser mãe é a plenitude em minha vida!!!

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1496 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também