UNIVERSO POLYANA: Eu te protejo mamãe!

21.11.2014 – Eu estava sentada no quintal, em uma cadeira, me esquentando no sol da manhã. A data registrada foi 21 Junho de 2014, um mês exato antes do Murilo nascer. E eu estava chorando.

Miguel estava na sala, assistindo desenho, e de repente sai na varanda me chamando:
“-Mamãe, cadê você?”

Ele me chamou algumas vezes e eu não respondi, mas percebi que ele estava se aproximando.

Quando ele chegou bem perto de mim, (eu com a cabeça baixa), ele se abaixou e disse:
“-Mamãe porque você está chorando?”

Eu levantei enxugando as lágrimas, olhei nos seus olhinhos, e respondi:
“-Mamãe está triste filho!”

Ele com aquela voz chorosa, triste por eu estar triste, me disse algo que eu JAMAIS esquecerei na minha inteira!
“-Eu te protejo tá mamãe?!”

PLOFT! Eu morri naquela hora!”Eu te protejo mamãe?” Que coisa mais gostosa de ouvir! Foi mil vezes melhor do que escutar que ele me amava!

Eu o abracei, sorri, e apenas disse: “Obrigada meu filho, eu te amo!”

Por mais difícil que seja o momento, percebi que ao meu lado eu sempre terei um eterno amigo, que me ilumina, me da forças, me protege, me guia, me enriquece, sem ao menos que ele consiga perceber tudo isso!

Miguel, meu anjo protetor, que teve esse nome escolhido, e enviado por alguém lá de cima, no momento que eu encontrei um pingente de menino no chão e tive a certeza que teria um filho menino. Obrigada por me fazer a mãe mais feliz desse mundo, pequenas palavras que valem muito mais do que qualquer dinheiro!

Eu te amo muuuuuuuuuuuuuuito pitoco, e possa ter certeza que eu te protegerei sempre também!

Feliz Aniversário pitoco! O dia é seu, mas quem ganha o maior presente todos os dias, sou eu!

 

Leia também: A matéria que a Polyana encontrou o pingente no chão.



Foto da capa: Claudia Moretto

Polyana Pinheiro

Escrito por: Polyana Pinheiro

Confira os 109 posts publicados pela Polyana Pinheiro

Veja Também