Síndrome do Bebê Sacudido

06.10.2015 – A síndrome do bebê sacudido é o termo utilizado para caracterizar uma forma de violência onde o agressor, que na maioria das vezes é o pai, ao se irritar com o choro do bebê chacoalha-o fortemente ou bate sua cabeça contra uma superfície.

A Síndrome do Bebê Sacudido

Síndrome do Bebê Sacudido

O chacoalhão em geral não deixa marcas externas. Ao chacoalhar fortemente a criança, que ainda não tem controle dos músculos do pescoço (bebê recém-nascido ou de poucos meses), para frente e para trás ocorre,
o rompimento de vasos sanguíneos intracranianos ou hemorragia no fundo dos olhos (retina) que podem levar a cegueira ou a lesões cerebrais com consequente atraso do desenvolvimento neurológico, psicológico, motor ou até provocar a morte da criança.

Uma dúvida muito comum quando se trada desse assunto é: Esse tipo de lesão ocorre na interação normal com uma criança? Não! É preciso que os movimentos sejam violentos e provoquem a aceleração e a desaceleração do cérebro dentro da caixa craniana, no entanto, devido a delicadeza das estruturas deve-se evitar sacudir o bebê.

Violência doméstica na infância

A Síndrome do Bebê Sacudido é um tipo de violência doméstica ou maus-tratos, que engloba qualquer ato de violência ou omissão praticado por uma pessoa em condições de superioridade (idade, força posição social ou econômica, inteligência ou autoridade) capaz de causar um dano físico, psicológico ou sexual.

Infelizmente o abuso, em geral, ocorre dentro dos próprios lares e famílias, embora também possa vir de outras pessoas que cuidam da criança, como é o caso de crianças institucionalizadas.

 

Leia Mais Sobre a Síndrome do Bebê Sacudido

Site Revista Pais & Filhos

Pesquisa sobre Violência doméstica e suas diferentes manifestações

Síndrome do bebê sacudido: eu vivi esse susto

 

 

Silvia Castilho

Escrito por: Silvia Castilho

Confira os 54 posts publicados pela Silvia Castilho

Veja Também