Mães Amigas - Perdi meu filho no supermercado!

Perdi meu filho no supermercado!

16.01.2018 – Eu jamais vou esquecer o dia em que perdi meu filho no supermercado por 30 segundos e o tempo pareceu ser uma eternidade!

Meu coração disparou e o corpo tremeu ao ouvir meu marido dizendo “ele não está aqui”. Aos berros, gritando seu nome, finalmente senti o alívio após um senhor dizer tranquilamente: “moça, ele está escondido aqui atrás!”.

Ufa! O pesadelo repentino acabou. Graças a Deus!

Perdi meu filho no supermercado!

Nossa #pequenamuralha adora brincar de esconde-esconde. Estávamos no mercado, certo domingo, e o Murilo bem ali na minha frente, sob meus olhos, andando rápido, como sempre faz quando quer me desafiar na brincadeira. Apertei o passo, ele mudou de corredor e, em questão de segundos, cadê ele?! 😳😵😱

O perdi de vista!!!

“Murilo! Murilo” eu chamava alto, sem imaginar que poderia estar me esgoelando e canalizando a atenção de todos que estavam ali no mercado. Meu marido e o Miguel, que estavam logo atrás de mim, procuravam entre os corredores e nada!

Foi tudo muito rápido, mas ficar segundos (que pareceram, na verdade, uma eternidade) sem ver meu filho me fez lembrar de um vídeo terrível que vi circulando recentemente pela internet. Meu coração estava disparado e eu só conseguia pensar no pior. Milhares de cenas e pensamentos me atormentaram em questão de segundos!

Foi então que vi um senhor acenar para mim e dizer baixinho “moça, ele está aqui!”. Corri, o encontrei sentadinho atrás de uma gôndola de arroz e simplesmente desabei! Abracei-o bem forte e junto com o alívio, aquela bronca de mãe quase infartando, tentando explicar mais uma vez que ele não pode brincar de esconde-esconde em um supermercado e que deve sempre responder ao meu chamado quando me escutar.

Crianças não têm noção de perigo. Tudo parece ser brincadeira, e elas têm o poder de desaparecer em um simples piscar de olhos! E quem me conhece sabe que eu sou extremamente zelosa. As vezes acho que até demais.

O meu post é uma experiência compartilhada, pois sei que não fui a primeira a passar por essa sensação, e desejo de coração que nunca ninguém vivencie isso! Me fez lembrar da minha mãe nos dizendo em todas as nossas viagens, quando éramos menores, claro:

“Filha, se você olhar para o lado e não nos avistar, pare! Fique onde está, pois nós voltaremos. Não fale com ninguém e não deixe ele tirar você de onde está.”

E acreditem, já nos perdemos dela em plena Disney (né, Mi?! rs), e lembrar disso foi a salvação! Hoje a dica é repassada para nossos filhos e nós compartilhamos a mesma com vocês.

Não dá para criar nossos pequenos em uma bolha, eu sei, mas cuidado extra, enquanto podemos, também nunca é demais!

Fiquem em paz! No episódio no qual eu perdi meu filho no supermercado, nós tivemos um final feliz! ❤️🙏🏼

♥ Foto reproduzida 1h depois, do jeitinho que encontrei Murilo (3) atrás da gôndola, que quando me viu, sorriu e disse bem alto: “Buuuuu!!!!!” – Rir para não chorar! 

Polyana Pinheiro

Escrito por: Polyana Pinheiro

Confira os 126 posts publicados pela Polyana Pinheiro

Veja Também