Pense bem antes de dar um coelho às crianças na Páscoa!

 

Bruna Silvatti F. S. Vieira

Médica Veterinária | Especialista em Clínica Médica e Cirúrgica de Animais Silvestres e Exóticos | Mestranda em Reprodução Animal – FMVZ – USP

 

11.04.17 (Repostado em 26.03.2018) – Nós conversamos com a veteriária especialista em animais silestres Bruna Silvatti para esclarecer algumas duvidas sobre a compra de coelhos. Isso porque, quando chega a Páscoa, muitas mães vêem na data uma oportunidade de dar às crianças um novo bichinho, mas não é tão simples assim! Confira a nossa entrevista.

Pense bem antes de dar um coelho às crianças na Páscoa!

1. O coelho é uma boa opção de animal para presentear as crianças? Ele traz benefícios a ela?

O coelho, assim como outros animais, são ótimos bichinhos de estimação para as crianças! Eles ajudam a desenvolver o amor e o respeito aos animais. Os coelhos também podem ajudar no desenvolvimento da parte sensorial e motora da criança, que está descobrindo o tato.

2. Qual é a idade recomendada para que as crianças tenham contato com esse animal?

A idade que recomendada é a partir de 3 anos. Os coelhos são animais muito dóceis, mas alguns não gostam de serem apertados ou de ficar no colo. No caso de crianças a partir de 3 anos, é possível explicar melhor essas condições dos animais.

“A idade recomendada é acima dos 3 anos de idade, mas se a criança possui quadros graves de rinite ou asma, eu não recomendo ter um coelho em casa. Roedores, em geral, têm pêlos muito finos, que caem e podem se tornar um agente irritante, piorando a doença da criança” Pediatra Dra. Paolla Limy Alberton

3. Isso significa que o meu filho não pode ficar com o coelho no colo, pois eles não gostam?

Na verdade, isso é muito individual e depende da criação que o coelho teve desde quando era um filhote. Tenho coelhos pacientes que adoram ficar no colo e até dormem, outros não. Então, vai depender do bichinho, mas sempre é preciso respeitar o seu espaço.

4. Qual o melhor ambiente para o coelho?

Os coelhos se adaptam bem em apartamentos ou casas. As casa com gramado é ideal, pois os bichinhos ficam livres para cavar. Mas eles se adaptam muito bem em apartamentos também.

5. O coelho pode transmitir alguma doença para a criança?

Como nos outros animais, existem doenças que são zoonose (doenças ou infecções naturalmente transmissíveis entre animais vertebrados e seres humanos). Por isso, é importante, ao adquirir o coelho, passar por uma consulta veterinária, fazer um check up e buscar orientações.

“O coelho é um animal tradicionalmente muito limpo. Pode acontecer, em alguns casos específicos, do coelho desenvolver algum fungo ou diarreia e transmitir a doença para o ser humano, mas a ocorrência é rara em animais de estimação, sendo mais frequente quando há criação de coelhos” Pediatra Dra. Paolla Limy Alberton

6. O coelho deve ser vacinado para não transmitir doenças?

Existem algumas vacinas para coelhos, mas ela não são disponibilizadas no Brasil.

“Os cuidados habituais necessários são os cuidados de higiene normais. É preciso lavar a mão direitinho, sempre com água e sabão após brincar com o animal” Pediatra Dra. Paolla Limy Alberton

7. Na Páscoa, muitas mães decidem dar um coelho de presente às crianças. O que elas precisam saber antes de comprar o animal?

O coelho é um animal que pode ter uma longevidade de 9 a 13 anos. É necessário pesquisar hábitos alimentares e comportamentais para não ter surpresa. Sua alimentação é à base de feno, ração e algumas frutas e verduras. Ele exige responsabilidade e cuidados como qualquer outro animal.

*Clique aqui para saber mais!

8. Descobrimos que muitos coelhos são abandonados quando a Páscoa acaba. Como isso afeta o bichinho?

Todos os anos vemos casos assim, infelizmente. Os coelhos são animais que necessitam de atenção e cuidados que, às vezes vão além do básico. Os pais muitas vezes esquecem que ter um animal é ter mais um membro da família em casa. Eles roem objetos, destroem fios, demoram para aprender a defecar e urinar no local certo. Tudo varia muito de animal para animal, mas todos precisam de cuidados e paciência para que se adaptem. Muitos pais acabam esquecendo disso e compram o coelho por impulso. Já atendi animais resgatados em caixas de papelão em avenidas movimentadas, um mês após a Páscoa.

 

Pense bem antes de dar um coelho as crianças!

Confira Também:

Como fazer um coelho de guardanapo

11 dicas de Lembrancinha de Páscoa para os professores

Brincadeiras de Páscoa

 

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1587 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também