Meu filho não escuta bem, pode ser otite

24.02.2014 – Muitos pais, quando chamam os filhos e eles não respondem, levantam uma reflexão:

“Meu filho não escuta bem, pode ser otite?”

Os problemas de audição são mais comuns do que imaginamos. Estou me referindo não apenas aos problemas de perda auditiva severa ou profunda, em que o órgão responsável pela audição, a cóclea, tem uma lesão. Falo dos casos em que a criança fica um período de tempo sem escutar, em função de um problema denominado otite.

Se seu filho não escuta bem, pode ser otite SIM, fique atenta!

A otite caracteriza-se por uma inflamação na orelha média que pode trazer uma perda auditiva temporária para a criança. O período de maior ocorrência é no primeiro ano de vida, aparecendo depois com muita frequência até os 6 anos de idade, e diminuindo no período escolar.

Meu filho não escuta bem, pode ser otiteMuitas vezes, a otite vem acompanhada de febre e dor, mas nem sempre isso acontece. Uma forma de se perceber uma alteração auditiva na criança é se ela fica “desatenta”, nem sempre respondendo quando alguém chama pelo seu nome, ou quando você pergunta algo e a criança diz frequentemente “O quê?” “o que você falou?”.

Uma forma de perceber uma alteração auditiva na criança é se ela fica “desatenta”

As consequências da otite na criança pequena são diversas, mas em alguns casos, ela deixa de escutar determinados sons, como por exemplo, as diferenças de sons muito parecidos, tais como “faca” e “vaca”; “pato” e “bato”; “bala” e “mala”. Os adultos e as crianças mais velhas conseguem perceber as diferenças até pelo contexto, pelo que se está dizendo mas a criança pequena precisa de todas as informações acústicas dos sons da fala para diferenciar essas palavras.

Meu filho não escuta bem, pode ser otiteAtrasos na fala podem estar relacionados à presença de otite média

Os atrasos na aquisição da fala em crianças pequenas podem estar relacionados à presença de uma otite média que, como já disse, vem acompanhada de uma perda de audição temporária. Além disso, precisamos levar em conta os aspectos emocionais envolvidos, pois a otite pode dificultar também a socialização da criança, em função da dificuldade dela se relacionar de maneira harmoniosa no meio em que vive.

Se você tiver dúvidas sobre a audição de seu (sua) filho (a), procure um médico otorrinolaringologista. Ele pode solicitar exames, sendo um deles a audiometria (que na criança pode ser feita de várias maneiras) ou a imitanciometria, que vai mostrar como estão as condições da orelha média da criança. Não deixe passar muito tempo, pois um impedimento na audição da criança pode dificultar seu desenvolvimento.

 

Você pode gostar de ler:

Toda criança fala errado?

Meu filho está gaguejando: o que fazer?

Meu filho dorme de boca aberta

Cecília Lima

Escrito por: Cecília Lima

Confira os 23 posts publicados pela Cecília Lima

Veja Também