Mães Amigas - Marketeiro ensina filha a empreender e viraliza na web com dicas que valem para todos

Marketeiro ensina filha a empreender e viraliza na web com dicas que valem para todos

19.03.2018 – “Minha filha de 9 anos montou o seu primeiro negócio (e olha só o que aconteceu)” é o título da publicação do especialista em marketing de diferenciação, tráfego e vendas online Daniel Den que viralizou nas redes sociais no último dia 7. No post, o Marketeiro conta como ensinou a sua filha a empreender e viraliza na web com dicas de negócios que valem para pessoas de todas as faixas etárias.

“Por mais de 4 meses, minha pequena me implorou para ajudá-la em um plano de vender cookies no bairro. Com a vida corrida, eu ainda não tinha conseguido desenvolver esse projeto com ela”, inicia Den.

“O peso na consciência estava me matando. O que adiantava ajudar empresários de vários países se a minha filha, a coisa mais importante para mim, eu não consiguia ajudar?”, questiona. “Acordei um final de semana e disse: “Princesa, hoje nós vamos tirar seu negócio do chão. Está pronta?”, relata o profissional.

O que se sucedeu, a partir disso, foi um debate que levou pai e filha a decidirem que a menina venderia cookies para os moradores da vizinhança.

“Trabalhamos juntos e deixamos tudo pronto para a parte mais difícil: a venda. Ela é uma menina muito educada, mas quando precisa falar com estranhos, necessita de um tempo para se adaptar. Abordar estranhos para vender os seus produtos seria, talvez, o maior desafio de sua vida como empreendedora”, conta o marketeiro.

Den, que destaca, na publicação, o medo que sentia de ver a sua filha fracassar, compartilhou que a pequena garota alcançou, na verdade, resultados surpreendentes.

“Após uma hora de trabalho, ela tinha vendido TODOS os cookies. 3 em cada 4 moradores que atenderam à porta compraram os produtos dela!”, comemora.

“Ela fez uma oferta e 75% das pessoas aceitaram. Nada mal!”, brincou Den

 

O especialista em marketing de diferenciação atribuiu o sucesso de vendas da pequena a 3 aspectos trabalhados por ele tanto junto aos seus clientes, quanto no projeto de sua pequena:

1. Embalagem

O primeiro conselho de pai para filha foi sobre criar uma embalagem irresistível. A orientação está relacionada a agregar valor aos seus produtos ou serviços por meio de uma apresentação profissional e desejável.

“Minha filha criou uma caixa bonita, investiu em uma embalagem profissional para os cookies e se vestiu com um sorriso no rosto e uma camisa colorida. Olhe a foto desse post. Você diria “não” para esta menina?”, escreveu o profissional de vendas.

Dica: O que você precisa fazer para ter uma embalagem irresistível para as vendas dos seus produtos ou serviços?

2. Pequena Vitória

O segundo conselho de Den para a pequena foi sobre “dar uma pequena vitória” antes de vender. Isso porque é preciso agregar valores aos futuros clientes ANTES de vender. Assim, inicia-se um relacionamento dando, e não pedindo.

“Você precisa mostrar que é realmente bom naquilo que faz. A pequena vitória que a minha filha criou foi simples: ela fabricou que tinham um quarto do tamanho dos cookies normais e decidiu fornecer de graça, como amostra, um mini cookie para cada cliente que ela abordasse. Os potenciais compradores que aceitaram a amostra adoraram!”, comentou o marketeiro.

O que você pode fazer para dar uma pequena vitória para seus futuros clientes antes de vender?

3. Escolher A Hora Certa

O terceiro e último conselho foi sobre fazer a oferta certa, no momento certo. “Básico, né? Mas muitas empresas tentam vender seus produtos antes de ter a confiança do cliente para fechar a venda. Elas também costumam “forçar” o público a adquirir mercadorias, tendo em vista que possuem medo de não vender se não o pressionar”, critica Den.

“Para ensinar a minha filha a fazer a oferta correta, no momento oportuno, eu ensaiei com ela um discurso de vendas em vários cenários. Ela praticou o que iria dizer se pessoas dissessem “não” para a amostra, praticou o que iria responder se alguém falasse que tem alergia aos ingredientes e até praticou o que iria falar se pessoas dissessem que precisavam de troco para poder pagar pelos cookies. Depois do ensaio, ela entendeu melhor os vários momentos onde iria fazer sentido fazer a oferta certa, no momento certo.

Você está fazendo a oferta certa no momento certo ou está pedindo a venda cedo demais? O que você precisa fazer para melhorar seu discurso de vendas?

 

Você também pode se interessar:

Ser pai é essencial, mas ser “the best” é extraordinário

Pai cria loja de brinquedos para crianças autistas

 

 

Bárbara Brambila

Escrito por: Bárbara Brambila

Confira os 59 posts publicados pela Bárbara Brambila

Veja Também

No Banner to display