? Mães Amigas - Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

23.02.2015 – Semana passada (11.02), estivemos no evento de lançamento do creme dental Malvatrikids Mommy, o primeiro destinado exclusivamente para as mamães, e aprendemos com a odontopediatra, Thelma Parada, que cuidar da saúde bucal antes, durante e depois da gravidez pode ser muito mais importante do que você imagina, afinal as mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças.

Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

Acreditamos que muitas de vocês ficaram curiosas, assim como nós, sobre o porquê de se criar uma pasta de dente para mães. Durante a gestação e os primeiros meses do bebê, há maior chance de a mulher se descuidar da saúde bucal, devido à mudança hormonal, ao sangramento da gengiva, aos enjoos, e até mesmo a falta de tempo.

Aproximadamente 40% das gestantes apresentam alguma infecção bucal, o que pode levar ao nascimento de bebês prematuros e de baixo peso.

Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

Estudos recentes comprovam que, na maioria dos casos, é a mãe quem transmite as primeiras bactérias bucais para a criança quando, por exemplo, assopra a comida do bebê, beija a criança nos lábios, usa a mesma colher, limpa a chupeta com a própria boca. (Embora alguns estudos realizados em 2013 mostram que a saliva dos pais é a melhor forma de limpar a chupeta do bebê, leia mais)

Por isso é fundamental que a mãe procure um dentista assim que souber da gravidez e que faça um acompanhamento especial desde  gestação até os primeiros anos da criança.

“Há indicações de que se a criança não for colonizada precocemente por bactérias de cárie, após os 4 anos, já estará com a microbiota dos biofilmes dentais estabilizada, com predomínio de bactérias que não produzem cárie e que antagonizam a colonização e multiplicação das bactérias cariogênicas. Ou seja, com estas medidas preventivas, a mãe ajuda a reduzir o risco de cárie em seus filhos”, explica a odontopediatra, Thelma Parada.

 

Além disso, alguns outros cuidados também são importantes:

Cuidados

-evitar ingerir doces entre as refeições e no período noturno (é melhor comer uma barra de chocolate de sobremesa do que comer durante à tarde)

-optar por comer balas ou chicletes sem açúcar durante o dia

-realizar a escovação completa após as refeições

-utilizar o fio dental

Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

 

A mãe e todas as pessoas que possuem contato direto com a criança podem utilizar, portanto, um creme dental que possua além do flúor, o componente xilitol, que ajuda a combater a transmissão precoce de bactérias para os filhos, diminui a velocidade da perda mineral no dente e inibe o crescimento e metabolismo das bactérias cariogênicas.

Segundo uma pesquisa realizada na Finlândia, as crianças cujas mães usavam creme dental com xilitol apresentaram 70% menos cáries dentais quando comparadas às crianças dos grupos que usavam somente produtos com flúor ou clorexidina.

 

Veja também:

– Bebê pode ter cárie?

– Como escovar os dentes das crianças?

– Como fazer a higiene bucal do bebê

– Pasta com ou sem flúor para as crianças? 

– Sangramento gengival na gestação

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1641 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Tambm