#LadoM – Caiu? Levante e planeje!

27.06.2016 – Oieeeeeeeeeeeeee…. Estou de volta! Me desculpem, fiquei duas semanas sem escrever pois com a correria, a falta de planejamento e a adaptação acabei ficando em inércia. Mas tudo bem, eu me perdoo! Vamos lá…

Hoje quero falar sobre planejamento. Durantes essas duas semanas que fiquei ausente, cai e levantei várias vezes! Em uma semana ganhei 1.700kg. Em cinco dias perdi o que ganhei e ainda emagreci mais 500 gramas. Como pode? Essa foi a pergunta que ficou martelando a minha cabeça. E a resposta para ela foi: Planejamento!

ladom 12

5 dias seguindo a risca

 Planejamento: #ladom em ação

Se você está disposto a atingir uma meta, seja ela qual for, foque no resultado e não se esqueça de planejar o meio. Se quer emagrecer, por exemplo, não saia de casa sem antes ter certeza que o seu “Kit” está todo em ordem. Se pretende comer mamão pela manhã, tenha certeza que ele estará na geladeira na hora em que for abri-la, caso contrário, você terá que improvisar e é aí que entra o escorregão! Foi assim comigo… Se pretende fazer atividade física, programe a semana e já encaixe na agenda o horário que ela acontecerá. Certifique-se de que a sua roupa de ginástica estará completa na hora que essa missão chegar, pois se naquele momento faltar um elástico de cabelo se quer, tudo poderá vir por água abaixo.

A verdade é que ninguém quer emagrecer, malhar e deixar de comer coisas que lhe dão prazer ou então ter que levantar de uma cama quentinha em um dia frio, certo? O chocolate, o fondue e qualquer outro alimento nos deixam tão confortáveis, da mesma forma que o filme e o edredom. Ter que levantar ou evitar comer tudo isso significa olhar para “quem nós somos”. Ao deixar o chocolate de lado estamos enfrentando não apenas o prazer em comê-lo mas também enfrentando o que desejamos ser. Isso não é fácil! Quando pensamos “quem queremos ser”, descobrimos “o que NÃO somos” e ficamos frustados com isso! Essa frustração é o que nos boicota e para não enfrenta-la, comemos o chocolate e continuamos deitadas no sofá.

O problema é que com o tempo a distância entre “quem somos” e “quem queremos ser” vai ficando cada vez maior, consequentemente a frustração cresce e enfrenta-la fica ainda mais complicado. Por isso que o elástico de cabelo pode ser o causador da desistência de praticar aquela atividade que tanto queríamos fazer, afinal, qualquer desculpa será o suficiente para não atingirmos a nossa meta. A frustração não permite encontrar uma solução e por isso é importante planejas e lutar contra você mesmo! Pelo menos no início.

Quando acordar pela manhã e pensar “Hoje vou malhar?”, garanta que o elástico não será um problema. Algumas vezes ele será, você desistirá e tudo bem! Não se culpe, não se julgue, não se maltrate dizendo “eu não consigo”. Amanhã você PODERÁ fazer diferente. Portanto, continue tentando!

ladom 17

Equipe que me ajuda a levantar: Joana Magalhães (personal de bunda no chão) e Cyntia Galante (Nutri chorando de rir). Caiu? Levanta e recomeça!

Uma dica para o dia seguinte que compartilho com vocês é: Mude a pergunta para uma afirmação! “Hoje EU VOU malhar!”. Mude a sua mente e a forma como você trata esse assunto dentro de você. Planeje até mesmo isso! Não coloque metas distantes: “Vou perder 30 kilos”! Isso pode dar uma certa preguiça, penso eu. Planeje pequenas missões: “Essa semana vou tirar o chocolate” ou “Essa semana vou tirar o pão” ou “Essa semana vou caminhar duas vezes”. Não importa! Seja justo com você mesma. Passe metas que são possíveis para não ficar ainda mais frustada. Vença sempre, mesmo que demore um pouco mais para atingir o seu objetivo final. O mais importante é estar feliz, se amar e conseguir alcançar aquilo que traçou para você!

Algumas pessoas preferem ir na direção do “choque”, gosto desse método também. Planeje uma semana “agressiva” para “enxugar” e servir como estímulo para as próximas. Eu já fiz isso! Investi naquelas empresas que levam comidas para você, pelo dia inteiro, durante uma semana. Isso serviu como um “start” para as próximas semanas e tornou o boicote mais difícil, afinal, todas as refeições estavam ali, na palma da minha mão, beeemmmmm planejadinhas kkkk!

Se ficar de ponta cabeça, mude!

Se ficar de ponta cabeça, mude!

De uma forma ou de outra o mais importante é você planejar e aceitar que no começo não será fácil. As pessoas que estão ao seu redor, por exemplo, podem fazer de tudo para que você se boicote também, e sabe porque? Porque assim como você, elas possuem frustrações também! Ver você se dedicando é uma maneira delas lembrarem que não estão se dedicando, compreende? É melhor afundar alguém, do que estar ao lado de quem deseja nadar. Na minha opinião, isso é inconsciente, então não fique bravo com essas pessoas, simplesmente as ignore, abrace-as e explique o quanto isso é importante para você. Peça ajuda à elas e eu tenho certeza que você irá contagiar quem está ao seu redor.

Se as críticas surgirem em sua direção, acredite, elas não são para você! Evite brigas, planeje e não desista! Com o tempo o prazer não estará no chocolate, no fondue, no edredom e no sofá… O prazer estará dentro de você e, quando o brigadeiro ou o cobertor forem necessários, curta-os muuuuitooooo siiimmmmmmmm, afinal eles serão uma escolha sua e não uma fuga.

Boa semana a todos e vamos juntoooosssssssssss!!!

#LadoM em ação! Siga: mi.occiuzzi no instagram!

#planejamento
#foco
#persistência

Dica da Semana

Michelle Occiuzzi

Escrito por: Michelle Occiuzzi

Confira os 61 posts publicados pela Michelle Occiuzzi

Veja Também