Justiça proíbe a venda de andador infantil

09.12.2013 – Quando as crianças começam a engatinhar, segurar no sofá para tentar se manter em pé, muitas mães, com a intenção de ajudar os pequenos, optam por comprar andadores para a criança. Porém, fica o alerta, a Justiça proíbe a venda de andador infantil em todo o pais. Isso porque o equipamento coloca crianças em risco de acidentes graves, inclusive com morte, segundo a Sociedade Brasileira de Pediatria.

A Justiça no Rio Grande do Sul decidiu liminarmente suspender a comercialização, em todo o país, de andadores infantis na, tentativa de garantir mais segurança a bebês que começam a dar os primeiros passos. De acordo com a matéria da Folha de São Paulo, os médicos afirmam que o andador dá uma mobilidade inadequada para a etapa de vida dos bebês. Com o uso, eles poderiam se aproximar de fogões, piscinas, escadas e produtos tóxicos.

Em julho deste ano, o Inmetro realizou testes com todas as marcas de andadores produzidas no Brasil e reprovou todas elas.

Informação retirada do site Folha de São Paulo, leia mais aqui.

 

foto folha

Ilustração do site Folha de São Paulo

 

Você pode gostar de ler:

Depoimento da Mãe Amiga e Editora de Conteúdo Elis Paulucci – Andador, usar ou não?

Como manter uma casa segura para nossos filhos

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1467 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também