Higiene pessoal causa estimulação precoce?

11.09.2013 – Mães de primeira viagem, assim como eu, podem se perguntar se a higiene pessoal causa estimulação sexual precoce. Afinal, esse assunto deixa muitas dúvidas, não é? Então vou tentar esclarecer essas e outras dúvidas…. vamos lá?

Para iniciar precisamos entender o que é violência sexual, características e indícios. A violência sexual se caracteriza por atitudes, tais como: falar obscenidades, expor a criança à materiais pornográficos (fotos, revistas e filmes), esfregar-se, tocar ou manipular partes íntimas com o objetivo do prazer, forçar a criança a praticar atos pornográficos, usar criança ou adolescente para obter prazer sexual e manter relação sexual com ou sem penetração com ou sem violência.

Sendo assim, todas as vezes que vamos dar banho em nossos filhos e limpar a região genital, estamos praticando violência? A resposta é Não!

Veja que para ser caracterizada violência precisa ter o objetivo de proporcionar prazer. Claro e óbvio que você não vai ficar limpando a região genital do seu filho e contar até 6…. mas essa hora é um momento de ensinar que essa área do corpo é comum como um braço ou o pé. Quando colocamos muita ênfase nessa área a criança começa a perceber que algo diferente acontece ali e começa a pesquisar…. criança adora pesquisar, é curiosa por natureza e ai pode começar uma estimulação precoce a toa.

Higiene Pessoal pode causar estimulação precoce?Se você ver seu filho tocando essa área, não grite, não se assuste, simplesmente pergunte se está tudo bem, se está com vontade de fazer xixi, se está doendo, tratando aquela cena como comum, como se ela estivesse coçando o braço. Lembre-se a malícia está nos adultos e a criança aprende aquilo que você passa para ela.

É um erro achar que a violência sexual é tão somente uma relação sexual sem consentimento e praticada com violência. Esse tipo de violência é iniciada de forma muito sutil, por isso pode ser reconhecida de duas formas, sendo com ou sem penetração. Não precisamos ir muito longe ou acharmos que esse assunto está longe de nós e que não entra em nossa casa. Veja a sua televisão…. que tipos de programas você assiste junto com seu filho? Ou você assiste achando que seu filho não está prestando atenção e por isso não entenderá?

Hoje vemos que até mesmo os comerciais estão cheios de cenas obscenas. Colocam mulheres em situações adversas, decotes, roupas curtíssimas, beijos, abraços, entre outras coisas mais quentes… não existe mais horários para vermos essas cenas expostas e nossos filhos já vão entendendo e internalizando que esse tipo de violência é normal, e acredito que não queremos isso para eles, não é?

Sinais da violência

Talvez você possa conhecer uma família suspeita nessa situação de violência, como saber? Vamos entender um pouco sobre alguns indícios que uma criança vítima dessa violência pode apresentar.

*Lembrando que um profissional especializado é o mais indicado para ajudar em situações de suspeita ou comprovação dessa ou outras violências.

 

– Indícios Físicos: Dor ou inchaço na área genital ou anal; secreções na vagina ou no pênis; infecções urinárias; doenças sexualmente transmissíveis; não controla as fezes e a urina; dificuldades ou problemas emocionais.

– Comportamentos da vítima: Apresenta comportamento sexual inadequado à idade; fugas de casa; não confia em adultos; brincadeiras sexuais; vergonha excessiva; ideias e tentativas de suicídio; se machuca; depressão; sentimentos de culpa; baixa auto estima.

– Comportamentos da família: Evita contatos da criança com outras pessoas; é muita possessiva; acusa a criança de promíscua, sedutora e ter relações sexuais fora de casa; crê que o contato sexual é a forma de amor familiar; oculta o abuso sexual e alega outro agressor para proteger a família.

Caso você conheça alguma criança e/ou família que passe por essa situação é seu dever ajudá-la, você pode entrar em contato com:

Delegacia de Defesa da Mulher: (19) 3242-5003 e 3242-7762

Disque Denúncia: (19) 3236-3040

Conselho Tutelar: (19) 3236-2349 ou (19) 3236-3378

 

Placa-Marijandy-Soldera

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1577 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também