Flores, sabores e muita caminhada

Reportagem: Taís Picchi
Pernas para que te quero??? Se você está pensando em ir à Expoflora este ano, se prepare para caminhar. São 250 mil metros quadrados repletos de flores, comidas, diversas atrações e standes com os mais diversos produtos a venda. Fui até lá para conferir de pertinho o que vai rolar neste ano para vocês aproveitarem ao máximo o passeio.
Para quem anida não conhece, a Expoflora é a maior exposição de flores ornamentais da América Latina, realizada anualmente na cidade de Holambra, que fica apenas há 20 minutinhos de Campinas (de carro na velocidade da pista). Para dar as boas vindas à Primavera, são mais de 200 produtores de Holambra, expondo e comercializando na mostra.
Em 2012, aFashion Week do setor de floricultura traz os lançamentos de flores e plantas ornamentais que vão desfilar entre ideias e projetos de floristas, decoradores e paisagistas na temporada Primavera/Verão. Entre as novidades, o lírio dobrado sem polén, a curiosa planta ovo (originária da Índia), o Ranunculus de corte (que parece uma rosa, mas com muito mais pétalas) e também a delicada Flor do Amor, a Agapanthus.
Lírio Dobrado
Planta Ovo
Ranunculus de corte
Flor do Amor, a Agapanthus

Mas, além disso, os visitantes vão encontrar os hibiscos dinamarqueses, a coleção de orquídeas Phalaenopolis que parecem ter sido pintadas a mão em tom lilás e que também se apresentam em dois novos tamanhos: a midi e supermini, cujas pétalas não ultrapassam os 3 centímetros. E pelos jardins do parque de exposição, pode ser visto o intenso colorido das Açucenas (Amarilys), que há pouco tempo passaram a ser valorizadas no Brasil, mas que há muitos anos são amadas na Europa.

Hibiscos dinamarqueses
Orquídeas Phalaenopolis
Açucenas (Amarilys)

 

Essas novidades podem ser vistas e admiradas na Exposição de flores e plantas ornamentais, o carro-chefe da Expoflora, que este ano traz a temática “O amor em cores e flores”. A exposição é organizada pelos decoradores holandeses Jan Willem van der Boon e Jessica Drost e foi dividida em 6 ambientes, cuja base são cores fortes e inspiradoras.
Já a 8ª Mostra de paisagismo Minha Casa Meu Jardim apresenta um casamento perfeito para tornar o jardim de casa um lugar agradável e de convívio social. Como inspiração, a harmonização de lagos artificiais, com plantas exóticas, misturados a árvores frutíferas e hortas urbanas. Um deleite para quem gosta de jardins integrados à casa e à área de lazer.
São 20 ambientes desenvolvidos por 40 paisagistas. Outra tendência explorada é o uso de materiais reciclados e espaços gourmets em meio aos ambientes externos. Para as mamães de meninas, com certeza, um cantinho vai chamar muito a atenção: a casa de bonecas ganha espaço entre as flores do jardim, criando um ambiente bem feminino e delicado.
Duas atrações super tradicionais não podem ser deixadas de lado. Às 16h acontece a Parada das Flores: um desfile com carros alegóricos, perfomistas (grandes holandeses em pernas de pau) e street bands que conduzem os visitantes até a Chuva de Pétalas, realizada às 16h30. São 150 quilos de pétalas de rosas provenientes de 18 mil botões da flor que, juntos, dão um show a parte. Vale ainda tentar alcançar uma pétala no ar e garantir a realização de um sonho. É lindo!
No local da Chuva de Pétalas também tem um mini parque de diversões com brinquedos para a garotada se esbaldar. Outra diversão, bem com cara de criança, é o mini sítio. Agora, se voce quer conhecer de perto a cultura holandesa, vale o City Tour por Holambra, no qual, entre os passeios, está a visita ao moinho de vento em tamanho natural e a ida a uma fazenda produtora de flores.
Mas falando em imersão na cultura Holandesa, o próprio parque de exposições te leva a um pedacinho da Europa no Brasil. A Holanda está presente na decoração, nos souvernis e na gastronomia. Todo ano, os chef descendentes holandeses vasculham receitas de família para levar os visitantes a um mergulho na culinária holandesa. Entre o tradiconal e o contemporâneo, nascem deliciosos pratos que não podem ser esquecidos. Vale a pena degustar.
Neste ano, o doce Vaso de Flor reproduz um lindo vasinho de alstroemeria recheado com creme branco, chocolate e cookies, criação da Casa Bela Restaurante.
Doce Vaso de Flor
A Confeitaria Zoet em Zout, comandada por mãe e filha, não deixa por menos, traz o Hollandse Duet, combinação dos cremes de baunilha e chocolate (Vanile Vla e Chocolade Vla) combinados com o Speculaas, maravilhoso biscoito de canela, açúcar mascavo e especiarias. Algo fora do comum.
Hollandse Duet

Ares holandeses também se encontram em outras comidinhas típicas com o proffertjes, stroopwafel e a batata no cone, todas delícias que fazem parte do dia-a-dia da Holanda, e que estão disponíveis em diversos quiosques e restaurantes do recinto.

proffertjes, stroopwafel

Os pratos salgados podem ser provados no restaurante Pennenkoek Huis, entre as delícias, o StampotWortel SpareRibs met Appelmoes (ou seja, costelinha com batido de cenoura e purê de maçã) e o famoso Pannekoek (fala-se panecuque), que este ano ganha um novo recheio de batata Rösti.

StampotWortel SpareRibs met Appelmoes
Pannekoek tradicional
Pannekoek com batata Rösti 

Não se desespere se você não curte explorar novos sabores. Tem restaurantes típicos brasileiros, com churrasco, lanches e outras delícias da nossa terrinha. E para os papais de plantão, que sempre acompanham a família, mas não deixam de lado uma boa cervejinha, a Femsa levou ao recinto o modesto caminhão-choperia com 5 tanques de chope!!! A Beer Station Heineken tem apenas 9.000 litros do produto. Será que dá para os “Pais Amigos”???

Mas é isso, meninas, atrações não faltam e haja fôlego para tanta coisa. Faltou dizer ainda para as consumistas de plantão que só de “barraquinhas” são mais de 250, espalhadas em três pavilhões, nas quais são comercializados desde artesanatos (patchwork, brinquedos educativos, roupas) até produtos para decoração, móveis, utensílios domésticos, doces caseiros… uma loucura.  Também não podemos deixar de citar o Shopping das Flores, onde estão a venda mais de 2.000 variedades de cerca de 200 espécies de plantas e flores ornamentais em um pequeno saguão de 3.300 metros quadrados.
Como eu disse, pernas para que te quero!!!!
* Dicas e estrutura
Meninas, como vocês vão com as crianças, o ideal é ir de 5ª ou 6ª feira, quando a circulação de pessoas é um pouco menor. Aos finais de semana é muita gente junta, apesar do tamanho do recinto. Se não tiver opção e o passeio for feito no sábado ou no domingo, atenção redobrada. Vale levar os pequenos com roupas com cores chamativas e colocar sempre uma identificação. Cuidado nunca é demais.
O legal é ir cedo para passear com tranquilidade, visitando a mostra e exposição, passeando nos estandes e aproveitar o período da tarde para se dedicar às atrações que começam a partir das 14h.
Estrutura para os visitantes não falta: são duas praças com 16 lanchonetes e sete restaurantes, duas confeitarias típicas, estacionamento para cinco mil veículos em sistema rotativo, posto médico, amplos sanitários, fraldário (com banheiras e cadeirões de alimentação), bebedouros com água fresca, áreas de descanso à sombra das árvores, caixas eletrônicos e lojinhas de souvernis.
Serviço:
31ª Expoflora
Local: Holambra, SP 340, Rodovia Campinas-Mogi Mirim, saída 140.
Data: de 30 de agosto a 23 de setembro. Aberta de quinta-feira a domingo.
Horário: das 9h às 19h

Ingressos: R$ 30,00. Crianças até 5 anos acompanhadas de pais e responsáveis não pagam.
Informações: 19 3802-1421 ou expoflora@expoflora.com.br

Quer saber mais sobre outras atividades para fazer esse final de semana, clique aqui

Curta a nossa página do Facebook
tais-picchi
@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1599 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também