Dicas Maternas sobre a Fada dos Dentes

15.05.2017 – Miguel fez 6 anos em novembro, e de presente, ganhou um dentinho mole. Um mês mais tarde, quando resolvemos iniciar o desfralde do irmão mais novo, de uma maneira super inusitada seu dente caiu! “Mãe, meu dente caiu!”, frase que jamais vou esquecer com a carinha que para sempre vou recordar. Fada dos Dentes e Miguel se encontrariam pela primeira vez ao anoitecer. Eu estava mega empolgada!

O que aprendi sobre a Fada dos Dentes

Resolvemos dar um pulinho na Leroy Merlin, e enquanto marido escolhia alguns materiais, deixei os meninos brincarem em uma piscina cheia de espumas que estava ali de amostra. Entre uma pulada e outra, de repente, percebo Miguel estático. Ele me chamou, olhou bem nos meus olhos, abriu a mãozinha com seu dentinho sobre ela e assustado falou:

“Mãe, meu dente caiu!”

A minha reação foi bem materna hahahah, dei um berro sem perceber em qual altura, o abracei, e pedi para olhar sua boca, que estava levemente sangrando devido a queda do seu primeiro dentinho. Miguel muito tímido e sem graça ficou envergonhado e aflito com o sangue, e de primeira, não quis me mostrar sua boca. Fomos até o banheiro e colocamos um papel higiênico no local do dente. Retornamos para casa, e somente depois de uma hora, quando ele percebeu que havia parado de sangrar, foi quando ele criou confiança e saiu mostrando para todo mundo a sua primeira janelinha.

Eis que lembramos da Fada dos Dentes. Eu não tinha ideia desse universo e resolvi perguntar nas redes sociais quanto valia cada dente de leite, e as respostas foram as mais variadas possíveis. De 1 real á 50 reais, de moedas de chocolate á bilhetinhos com uma nova escova de dente e fio dental! Eu estava perdida, mas resolvi seguir meu coração.

Miguel já sabia por cima da Fada, pois tínhamos assistido recentemente aquele filme do “Fada do Dente”. Reforçamos a história então, dizendo que se a Fadinha achasse que ele havia escovado direitinho seus dentinhos, ela deixaria um dinheirinho por ele, levando o mesmo embora com ela.

Eis que no meio de tudo isso, eu lembro que meu “sonho de mãe” era encrostar o dentinho dos meninos em um pingente. Ahahahah, pode ser brega, ultrapassado, fora de moda mas eu queria muito isso! Questionei novamente no grupo e as meninas me deram a ideia dele escrever na cartinha para a Fada, dizendo que a mamãe queria o dentinho, e se ela poderia deixar de presente, junto com o dinheirinho, sem leva-lo embora!

E assim fizemos para a alegria de todos! Tínhamos duas notas de 5 reais na carteirinha e resolvemos deixar essa quantidade embaixo do travesseiro, junto com um bilhetinho de papel, supostamente escrito pela Fada.

 

Confesso que eu mãe estava mais ansiosa que Miguel.

No dia seguinte, quando Miguel acordou, estávamos na sala. Ele veio todo feliz dizendo que a boca tinha parado de sangrar e não precisava mais do papel. Repentinamente lembrou da Fada dos Dentes e correu para o seu quarto. E para minha decepção, ele voltou todo triste, dizendo que a Fadinha não tinha deixados as suas moedas…!!!!

Putzzzz!!!!!

Eu falei que notas também eram dinheiro, e que poderíamos troca-las, se assim desejasse, por 10 moedas de um real, mas ele nem tchum. Ficou triste e nem ligou para o meu bilhetinho, quer dizer, o da Fada, todo fofo, com assinatura e tudo!

Resumo da Ópera 1: Lição aprendida. No próximo dentinho darei apenas moedas!

Para minha surpresa, em menos de 15 dias, o outro dentinho do Miguel amoleceu e quando ele caiu, já sabíamos perfeitamente como conduzir com a história da fada! Mamãe espertinha foi até a fabrica de moedas de chocolate, localizada na padaria mais perto de sua casa (ahahahaha) e resolveu comprar 6 moedas de chocolate, número esse que correspondia a sua idade!

Fiz um saquinho fofo e junto das moedas de chocolate coloquei uma moeda de um real + o bilhetinho da Fada. Quando Mig dormiu, com o dentinho debaixo do travesseiro, a Mamãe Fada fez a troca.

(Dica: coloque o dentinho dentro de um potinho. Aqui em casa colocamos naquele potinho do kinder ovo. O dente é muito pequeno, e as vezes, sem querer, da criança se mexer muito para pegar no sono o dente pode misteriosamente sumir ahahahah)

No dia seguinte alegria pura!!! Miguel acordou e todo feliz veio me mostrar que a Fada do Dente tinha passado e deixados moedas de chocolate! Ele falava tão feliz, mas tão feliz, que meu coração explodia de felicidade ao ter acertado dessa vez.

Resumo da Ópera 2:

As vezes algo mais simples, como pequenas moedas de chocolate, surtem mais efeito do que uma nota única. Para mim o que vale realmente é o quanto este momento ficou registrado na memória dele, e na minha. Super recomendo toda essa fantasia, é lindo de se viver!

 

Espero que eu tenha contribuído sobre minha experiência com a Fada dos Dentes. Se você tem alguma história similar para compartilhar, vou adorar lê-la nos comentários dessa matéria! Um beijo e até a próxima =)

Polyana Pinheiro

Escrito por: Polyana Pinheiro

Confira os 110 posts publicados pela Polyana Pinheiro

Veja Também