É hora de comer… Ebbbaaaa!!!!

Olá meninas, tudo bem?
 
Tenho visto bastante mamães preocupadas com a alimentação dos pequenos e mais, preocupadas porque eles não comem todos os ingredientes que elas gostariam que eles experimentassem. Eu concordo que não é fácil, é uma luta diária.
 
Aqui em casa não é diferente. Apesar de fazer um monte de coisas gostosas, saudáveis e nutritivas são poucas delas que o Lucas come. E mais: ele é uma criança com o paladar bem apurado e super difícil de “enganar”, tem que gostar e pronto, não adianta colocar os ingredientes escondidos ou misturados. Mas, com bastante insistência essa tática funciona.
 
Diante disso, hoje eu resolvi mostrar para você algumas formas que podem ajudar os pequenos a comerem melhor, mesmo sem saber que tem beterraba, brócolis, abobrinha, entre outros legumes e verduras.
 
Dica 1 – Solte a criatividade
 
Despertar a criatividade da criança com comidas que lembram brinquedos, paisagens, objetos pode ser uma saída interessante para abrir o apetite e dar início a uma alimentação saudável.
 
Exemplo:
Barco de abobrinha recheada
 
Receita original, clique aqui.
Aqui, o purê é o mar, e barquinho é incrementado com uma vela que a própria criança pode fazer e pintar. Isso faz com que os pequenos se sintam importantes no ato de preparar o alimento.
Dica 2 – Muita cor no prato
 
Aposte na cor das comidas. É fácil fazer purês de diferentes legumes que são altamente nutritivos e muito coloridos.
A base é sempre a mesma: cozinhe os legumes, amasse e depois refogue com temperos, leite e manteiga. Para animar as mamães cozinheiras, seguem alguns legumes e grãos que podem ser usados: beterrada, mandioca, mandioquinha, batata, abóbora, cenoura, lentilha, feijão branco, grão de bico.
Esses purês também ajudam a formar desenhos nos pratos, como palhaços, sol, mar, entre tantos outros.
 
Origem da foto, clique aqui
Dica 3 – Comidinhas de restaurantes em casa
 
Qual criança não gosta de hamburguer, almôndegas, nuggets ou batata frita? O melhor de tudo isso é que esses pratos podem ser nutritivos quando feitos em casa com o toque da mamãe, com tempero caseiro, reduzindo a quantidade de sódio e de conservantes.
 
Hamburguer e almôndegas:
Para o hamburguer, a cada 1 kg de carne moída, você pode colocar 1 pacote de creme de cebola. Misture tudo, acerte o sal, acrescente azeite. Pode ser colocado tomilho fresco, que dá um sabor especial à mistura.
 
Se preferir trocar o creme de cebola, você pode ralar uma cebola grande, colocar uma colher de sopa de farinha de trigo, sal, azeite e o tomilho, também. Se quiser, acrescente uma cenoura ralada.
Depois de tudo misturado, molde os hamburgueres. Coloque no grill ou no forno, evitando assim, frituras. Se sobrar, embrulhe um por um em filme plástico e leve ao congelador.
 
Já para as almôndegas, você pode usar qualquer um dos modos de temperar, mas acrescente também a mistura de carne e temperos 3 fatias de pão de forma esmigalhadas. Misture tudo e faça bolinhas. Para não fritar, preprare o molho de tomate a seu gosto e quando já estiver temperado e bem quente, acrescente a carne, tampe a panela de deixe em fogo baixo por, aproximadamente, 10 minutos, mexendo as vezes. Dá um belo molho ao sugo com almôndegas. Você também pode recheá-las com pedacinhos de queijo e presunto.
 
Batatas fritas, smile, nuggets
Hoje em dia nos mercados facilmente encontramos opções de batatas “fritas” que são para assar. Além disso, as batatas smile e os nuggets de frango e peixe também se tornam uma bela opção quando assados e não fritos.
 
Mas caso queira mais saúde no prato, você pode fazer os nuggets e as batatas smile em casa. Mas essas receitinhas eu passo na coluna da semana que vem. São fáceis e as crianças podem participar ativamente de seu preparo. Aguardem!!!
 
Dica 4 – Esconda os ingredientes nas comidinhas
 
Não tem jeito, o pequeno não come mesmo as verduras e legumes que você gostaria. Então, tente fazer os pratos que ele gosta com esses ingredientes escondidos.
 
Ao fazer o macarrão com molho ao sugo, você pode ralar cenouras e beterrabas. Além de ficar nutritivo, oferecem uma textura melhor ao molho, engrossando o caldo. Se, com esses pedacinhos a criança não come, bata o molho no liquidificador.
 
Faça uma sopa de legumes com músculo ou peito de frango. Bata tudo no liquidificador e incremente com macarrão de letrinhas. Essa é uma boa dica para essas noites mais frescas. A de legumes não deu certo, tente a sopa de feijão. Além de fácil de fazer, você também pode acrescentar legumes e finalizar com o macarrão de letrinhas ou outro qualquer que o seu filho goste.
 
Essas são algumas dicas, que servem tanto para as crinças que tem dificuldades em comer e também para tornar o momento da alimentação mais divertido para qualquer pequeno.
 
Beijos e até a próxima quarta.
Curta a nossa página do Facebook
tais-picchi
@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1598 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também