Construtivismo – corrente teórica

Construtivismo - corrente teórica

Selo Profissional-4

 

Karina Fusco é jornalista colaboradora do Grupo Mães Amigas, onde escreve principalmente sobre comportamento, saúde e educação. É também editora do blog Lugarzinhos Especiais, que traz dicas de passeios, estadia e gastronomia que podem ser feitos, inclusive, com crianças.

 

 

Construtivismo – corrente teórica

O que é? O construtivismo não é uma metodologia de ensino, mas sim uma teoria epistemológica falando de uma forma mais simples. É uma corrente teórica que busca explicar a origem do conhecimento. Nesta teoria, o conhecimento é o resultado de um processo interno de pensamento, decorrente da interação que o indivíduo estabelece com o meio físico e social, mobilizando assim, o seu funcionamento intelectual e possibilitando-lhe adaptar-se às situações novas de aprendizagem, além de ampliar sua compreensão e generalização de conhecimento.

Construtivismo - corrente teóricaValores trabalhados: Busca pela autonomia intelectual do aluno e o ambiente escolar necessário para que esta autonomia seja construída, o que confere à escola um caráter mais humano e atento às demandas da educação atual.

Em um clima de cooperação e respeito mútuo, o professor trabalha com as crianças estimulando-as a pensar e se posicionar sobre as coisas, incentivando-as a fazer perguntas e a procurar respostas.

Quem criou? O termo Construtivismo foi cunhado pelo psicólogo suíço Jean Piaget (1896/1980), que pesquisou cientificamente em mais de sessenta anos de estudos, a natureza do conhecimento. Ele estabeleceu as bases de sua Epistemologia Genética, a qual denominou Teoria Construtivista e explicou a evolução do conhecimento.

Como identifica-la? Inspirado pelo que conhece sobre desenvolvimento, o professor cria condições de aprendizagens favoráveis à construção do conhecimento.

Ao invés de transmitir o conhecimento pronto ou fazer com que sua forma de resolver problemas seja a mesma dos alunos, ele encoraja-os a encontrar por si as melhores formas de solucionar os problemas e desafios.

A figura e a intervenção do professor são fundamentais, pois suas ações podem fazer a criança refletir sobre suas próprias, além de conseguir explicar os fatos que observa, construindo a estruturação o conhecimento.

Indicada para quais faixas etárias?
Desde a Educação Infantil até o Ensino Médio.

 

Fonte: Ester Cecilia Fernandes Baptistella, coordenadora da USF e Doutora em Educação pela FE da UNICAMP

 

Construtivismo – corrente teórica

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1389 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também