Conheça os recordes mais fantásticos da maternidade

13.05.2018 – A maternidade pede que todos os envolvidos superem as próprias metas a cada dia. Algumas pessoas, entretanto, possuem feitos tão grandiosos que conquistaram um lugarzinho especial no Guinness Book ou na grande mídia. Você imagina que marcas são essas? Abaixo, conheça os recordes mais fantásticos da maternidade!

 

Conheça os recordes mais fantásticos da maternidade

 

A mãe que mais teve filhos no mundo

De acordo com o Guinness Book, 16 casais de gêmeos, 7 conjuntos de trigêmeos e 4 gestações de quádruplos totalizam os 27 partos da russa Valentina Vassilyeva, que deu à luz 69 crianças entre 1725 e 1765. O pai de todos os pequenos foi o camponês Feodor Vassilyev.

 

O primeiro homem do mundo a engravidar

Thomas Beatie nasceu mulher, mas não se identificou. Por isso, fez uma cirurgia de mudança de sexo e inúmeros tratamentos hormonais para virar homem. Depois, casou-se com uma mulher, Nancy, que, por ter passado por uma cirurgia para remoção do útero, não podia conceber.

Então, quando o casal resolveu ter filhos biológicos, Beatie chamou a responsa pra si e engravidou de um óvulo dele mesmo, inseminado artificialmente por um doador anônimo. O processo foi possível graças à escolha de Beatie, que optou por manter os seus órgãos reprodutivos femininos.

O casal teve a primeira filha, Susan (9), a partir da citada inseminação artificial. Dois anos depois, Nancy e Beatie tornaram-se também pais de Austin (8) e Jensen (7), gerados a partir do mesmo processo da primogênita da família.

 

O maior e o menor bebês do mundo

O maior e o menor bebês do mundo têm, entre si, 10,66 quilos e 49 centímetros de diferença. O Guinness Book condecora um recordista dado à luz por Anna Haining Bates, em 1879, como o maior recém-nascido do planeta: o pequeno gigante chegou ao mundo com 71 cm e 10,8 kg e morreu 11 horas após o parto.

Já Emilia Grabarccyk, a menor bebê do planeta, nasceu com 0,22 kg e 22 cm. Nove meses depois, entretanto, a sobrevivente já pesava 3,5 kg.

 

A mãe que empurrou carrinho com 3 filhos durante maratona

Aos 38 anos e mãe de oito filhos, Theresa Marie Pitts é detentora de duas marcas mundiais. Isso porque empurrando três de suas crianças em um carrinho, a moradora de Kalispell, EUA, concluiu em tempo recorde – 4h25min37 – a primeira maratona da qual participou.

O feito garantiu à competidora um lugarzinho especial no Guinness Book. Dois meses depois, entretanto, a mãezona foi além e, em uma competição da Copa do Governador, na Carolina do Sul, Theresa bateu o próprio recorde e finalizou a maratona em 2h01min11.

 

A mãe que dá à luz sempre no mesmo dia

A mãe que dá à luz sempre no mesmo dia é a britânica Jennifer Allali. Isso porque os três filhos da mulher, nascidos em anos diferentes, vieram ao mundo na mesma data: 7 de outubro.

Jennifer surpreendeu quando começou a ter contrações enquanto enchia os balões do aniversário de Najla, nascida em 2005, e Adam, nascido em 2007: Sami, o terceiro filho da mulher com o tradutor de árabe Driss Allali, estava para nascer na mesma data que os irmãos mais velhos.

 

A mãe com o maior intervalo entre filhos

Elizabeth Ann Buttle tem dois filhos, que é coisa que qualquer mãe pode ter. O que é especial nela é que Belinda, a mais velha, nasceu em 1956, quando a mulher tinha 19 anos. Já Joseph, o mais novo, veio ao mundo em 1997, quando a mãe tinha 60 anos. O intervalo entre um nascimento e outro é de 41 anos e 185 dias.

 

Semana Especial de Dia das Mães

Essa matéria faz parte da Semana Especial de Dia das Mães. Em celebração a esse período, de 07 a 13/05, nós divulgamos os mais fantásticos “recordes” da maternidade, mas lembre: ser mãe é superar as próprias metas a cada dia. Parabéns para todas nós! ♥

Bárbara Brambila

Escrito por: Bárbara Brambila

Confira os 55 posts publicados pela Bárbara Brambila

Veja Também