Como pegar leite especial de graça no SUS

19.03.2014 – A alergia alimentar é uma doença que afeta cerca de 7% das crianças. Crianças com alergia alimentar a leite de vaca (ALPV) e/ou soja necessitam tomar fórmulas especiais, prescritas pelo seu pediatra ou médico nutrólogo.

O tratamento pode ser feito com fórmulas especiais, chamadas de hidrolisado proteico, fórmula de aminoácidos livres ou fórmula isolada de soja. O tipo será determinado pelo médico de acordo com a alergia e intensidade dos sintomas.

Como pegar leite especial de graça no SUS A melhora clínica depende do uso correto da fórmula e da exclusão de todos os alimentos que desencadeiam os sintomas. No entanto, este tratamento costuma ter um preço bastante elevado e, muitas vezes, a família tem dificuldade para adquiri-lo e aderir corretamente ao tratamento. Isso interfere na melhora dos sintomas e na qualidade de vida da criança.

Por este motivo, o Programa de Medicamentos do Componente Especializado da Assistência Farmacêutica fornece o tratamento de doenças raras, como é o caso da alergia alimentar. Ele é de responsabilidade da Secretaria de Saúde do Governo do Estado de São Paulo. Existem protocolos clínicos e diretrizes terapêuticas que orientam o profissional sobre os critérios exigidos para que a fórmula seja fornecida gratuitamente pelo governo.

Como pegar leite especial de graça no SUS

O médico que acompanha o paciente deve ter o diagnóstico confirmado e, a partir daí, preencher um laudo de solicitação e fazer a prescrição da fórmula escolhida.

A família da criança deve então providenciar uma série de documentos listados abaixo:

1. Cópia do documento de identidade

2. Cópia do comprovante de residência com CEP

3. Cópia do Cartão Nacional de Saúde (CNS). Este pode ser feito em qualquer Centro de Saúde.

4. Outros documentos e exames exigidos nos Protocolos Clínicos e Diretrizes Terapêuticas

Então deve anexar estes documentos à receita médica e laudo devidamente preenchido pelo médico e entregar em uma das farmácias de dispensação*. A cada 3 meses o paciente deve ser reavaliado e, se necessário, entregar novo laudo e receita médica na farmácia.

Obs. É feita uma análise pelo médico auditor da Farmácia de Medicamentos Especializados que irá autorizar o fornecimento da fórmula. Portanto, pode haver uma demora inicial na entrega (15 a 45 dias, de acordo com o site da Prefeitura Municipal de Campinas).

Como pegar leite especial de graça no SUS

Veja mais informações nos links abaixo:

http://2009.campinas.sp.gov.br/saude/assist_farmaceutica/alto_custo.htm

http://www.saude.sp.gov.br/ses/acoes/assistencia-farmaceutica

 

*Farmácia de Dispensação de Medicamentos Excepcionais

Rua Setembrino de Carvalho nº 123, Bairro Ponte Preta, Campinas-SP

Tel: (19) 3233-6972

Horário de atendimento: 2ª a 5ª feira, das 8h00 às 15h30

 

Você pode gostar de ler:

Intolerância à lactose X alergia ao leite de vaca

Meu filho tem obesidade infantil

Criança pode ter colesterol alto?

 

Priscila Panzarella

Escrito por: Priscila Panzarella

Confira os 17 posts publicados pela Priscila Panzarella

Veja Também