Como explicar as manifestações às crianças

26.06.2013

 

O Direito de manifestar-se, de protestar, vem de encontro a um princípio que pensamos pouco durante o dia e muitas vezes nem temos tempo por causa da correria, sabe qual é? A Cidadania.

Pensei nisso quando, aqui em casa, a TV estava ligada e noticiando as manifestações que têm acontecido pelo País nos últimos dias, principalmente a parte do vandalismo, e meu filho de 4 anos, vendo aquilo perguntou para mim e meu esposo: “Mamãe, Papai, isso é guerra??”. Como explicar para ele que aquilo é uma busca por um país melhor e justo para ele no futuro?

O que conseguimos responder para ele foi: ”Filho… as guerras não são coisas boas porque as pessoas ficam muito machucadas, mas existem guerras em que as pessoas não precisam brigar, podem falar que não concordam com algumas coisas… essas pessoas estão falando que não concordam porque existe muitas coisas que não estão certas e que precisam mudar para você crescer bem.”

Manifestacao_creditoPortalBraganca

Como é difícil explicar para uma criança que com guerras queremos paz, que com brigas queremos vida digna e direitos garantidos.

Podemos fazer uma comparação para as crianças, com os super heróis e vilões. É incompatível com nossa natureza humana sermos 100% vilões ou 100% super-heróis, precisamos dos dois momentos para termos equilíbrio, mas não pense que um dia de fúria está liberado!! Afinal de contas, um super-herói usa seu super poder em defesa das pessoas. Um soldado empunha sua arma com a missão de defesa e não para matar.

Crédito da foto principal: FC Notícias

 

Você pode gostar de ler: Marcha das crianças por um Brasil melhor#protestomaterno, vem com a gente e Violência Doméstica… O que é isso??

 

 

Placa-Marijandy-Soldera

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1278 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também