Como é ser Mãe de três Homens

selo materia mae amiga

 

Juliana Sangion

Mãe do Rubén, do Vinicius e do Augusto

♥ “Talvez eu seja mesmo só uma aprendiz de mãe, ou melhor, de gente.”

 

Como é ser Mãe de três Homens

Vivo publicando nas redes sociais as peripécias dos meus filhos e as pérolas que soltam por aí. Não sei se sou, como dizem por aí,“coruja”. Talvez eu seja mesmo só uma aprendiz de mãe, ou melhor, de gente. Esses moleques me ensinam, na verdade, a refletir sobre a vida, as relações, a rever minhas verdades absolutas, a questionar padrões, a romper paradigmas.

Como é ser Mãe de três Homens
Dia desses, Rubén me dava uma bronca porque eu estava triste, deprimida, com a coluna travada há dias e um monte de problemas cotidianos. “Ei, cadê aquela Juliana animada? Vai, melhora essa cara!”, dizia ele. É claro que aproveitei pra explicar que todos temos dias ruins, que às vezes duram bastante, inclusive, mas fato é que aquele menino de quase 11 anos estava me dando o chacoalhão que ninguém havia dado.

Já faz um tempo eles vêm me desmontando com a história do funk. Aliás, esse foi um tema que agregou duplamente lá em casa. No começo, torci o nariz e quase caí na armadilha de esboçar uma dessas frases carregadas de preconceito que deslegitimam o funk e toda a cultura que ele representa. Daí me dei conta que era exatamente a oportunidade que tinha para desconstruir isso com eles. E desde então, é o que estamos fazendo lá em casa. Conversar sobre isso também me deu a chance de trocar ideias sobre machismo com eles. Afinal, três é uma boa quantidade de meninos para uma discussão sobre posturas machistas!

Isso sem contar os piolhos. A infestação começou há meses. “Como assim eles estão com piolho? Logo os meus filhos!”. Aqueles que “eu cuido bem sim….Ei, por acaso nem passou pela sua cabeça que eu não cuide bem deles né? Oras!”. Pois é, piolhos. Um monte. E tá lá a Juliana passando pente fino, catando um por um os piolhinhos.Como é ser Mãe de três Homens

E ainda teve a licença poética do Augusto na brincadeira das árvores. Banana? Bananeira, disse ele. Laranja? Laranjeira. Goiaba? Goiabeira. Amora? Namorando, respondeu Augusto de primeira, sugerindo mais afeto e me ensinando a olhar essa vida louca com mais amor, por favor!

 

 Como é ser Mãe de três Homens

Confira também:

Curiosidades da blogueira Mamãe de Muitos

Nossa família passou de 3 para 6

Já tinha 2 adotivos quando o telefone tocou…

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1330 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também