Minha filha fez cirurgia de correção do Lábio Leporino

 

Juliana Batista Dias
Mãe da Camille, 10 meses

“Lábio leporino não é o fim, pelo contrário, é o início de uma linda história cheia de superações e vitórias”

 

 

Minha filha fez cirurgia de correção do Lábio Leporino

A descoberta

Foi quando eu estava com 24 semanas de gestação, durante o exame de ultrassom morfológica, que veio o susto. A médica me perguntou se eu sabia o que era lábio leporino e na verdade não, eu não conhecia. Ela me disse que o lábio e o palato da Camille não havia fechado durante sua formação. Ela tinha uma uma fissura unilateral direita, uma má formação.

Meu mundo desabou. Confesso que só chorei, não consegui perguntar nada além de: “isso é grave doutora?”. A médica me disse que não era. Ela tentou me tranquilizar falando sobre hospitais de referência que tinham tratamentos e faziam ótimas cirurgias. Mas, eu só conseguia pensar em como eu iria amamenta-la, como cuidaria dela, será que conseguiria?. O percurso até minha casa foi somente choro…

A primeira coisa que fiz quando cheguei em casa foi procurar na internet sobre o lábio leporino e isso me assustou ainda mais. As informações que chegaram até mim foram as piores possíveis. Meu médico disse que minha filha só iria conseguir se alimentar por sonda e que teria que ficar no hospital pois, eu não daria conta de cuidar dela sem auxilio médico.

Perguntei o porque da fissura, ele me disse que a culpa era minha por estar acima do peso. Sim, isso mesmo. Foram meses de sofrimento. Os enjoos eram fortes e por me sentir culpada, não conseguia me alimentar.

Mas, chegou um dia em que eu decidi parar de chorar. Fui em busca de informações para receber minha pequena do jeitinho que ela viesse, eu a amaria da mesma forma. Foi então que conheci mães que já tinham passado pelo mesmo caso, elas foram pra mim como uma coluna, que me sustentou naquele momento, e fonte de informação.

Camille nasceu no dia 10.05.2016 de parto cesárea, com 39 semanas. O médico a examinou e disse que a fissura era apenas superficial e não havia atingido o palato. Quando a trouxeram pra mim me emocionei muito, ela era como tinha sonhado branquinha gordinha cabeluda e saudável.

Ainda no centro cirúrgico eu consegui amamentar ela e tem sido assim até hoje. É possível amamentar no peito coisa que me disseram que seria impossível.

 

A cirurgia

Com 4 meses de vida Camille fez a cirurgia de correção do lábio leporino no hospital Beneficência Portuguesa em São paulo pela Dra. Alessandra Santos (um anjo nas nossas vidas).

Camille ficou de jejum por 10h, uma guerreira! Não chorou, apenas sorria, parecia saber que ficaria ainda mais linda. Eu acompanhei até o momento em que ela foi sedada, depois disso me retirei e aguardei na sala de espera.

Dr Alessandra, uma medica incrível, ficou me mandando o tempo todo mensagens no celular, sobre como minha filha estava. Após 3hrs de espera eu pude ver minha princesa. Parecia que tínhamos sido apresentadas naquele instante, tão linda. Ela precisava apenas de colo e carrinho. Ela teve uma excelente recuperação.

O que eu desejo passar para as futuras mamães de bebes com lábio leporino é que aproveitem muito a gravidez. Tirem foto, se permita chorar, conversar, procurar informações, sem medo! Você será sim capaz de cuidar e proteger seu bebê. E não se culpe! Você foi escolhida por Deus para ter um anjinho lindo. Você vai perceber que a beleza vem dos olhos e o sorriso dá alma, não dos lábios. Não esconda seu bebê! Muitas vezes os olhares são de curiosidade ou até mesmo falta de informação.

Daqui 5 anos faremos o enxerto ósseo na gengiva e acreditem, eu não estou preocupada, pelo contrário, estou confiante de que tudo sempre dará certo. Sou eternamente grata a Deus por me conceder o privilegio de cuidar e amar essa princesa.

É o que eu sempre digo, lábio leporino não é o fim, pelo contrário, é o início de uma linda história cheia de superações e vitórias. Nossa missão aqui na terra é transmitir amor e informações, é ajudar pois, um dia fomos ajudados. Lutemos por um mundo sem preconceito!

* Nota:

Ainda não se sabe exatamente o que causa o Lábio Leporino mas, existem alguns fatores que podem contribuir para essa anomalia, como: deficiências nutricionais e algumas doenças maternas durante a gestação, radiação, certos medicamentos, álcool, fumo, e hereditariedade.

Retirado de: Drauzio Varella

Minha filha fez cirurgia de correção do Lábio Leporino

Confira Também:

Amamentação e o desenvolvimento da face

Mães são a principal fonte de bactérias bucais das crianças

Minha filha engoliu uma presilha dormindo

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1494 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também