Bicicletas sem pedal, rodinhas e freios: Conheça as “Run Bikes”

16.02.2018 – Conhecidas como balance bikes ou run bikes, as bicicletas sem pedal, rodinhas e freios possuem uso recomendado pela Academia Americana de Pediatria (American Academy of Pediatrics) por funcionarem como ponte entre o triciclo e a bicicleta.

Em outras palavras, o veículo não-convencional auxilia o desenvolvimento cognitivo e motor infantil, incluindo os aspectos neurológicos e comportamentais dos pequenos entre 1 ano e 6 meses e 5 anos de idade.

Nesse sentido, a ausência de alguns acessórios proporciona ao ciclista iniciante o aprendizado de equilibrar-se em duas rodas.

Funciona assim: como a bicicleta não tem pedais, a criança precisa fazer impulso com os pés para que a mesma entre em movimento. Aos poucos, o pequeno começará a se equilibrar em duas rodas, tendo a segurança de pisar no chão no momento em que precisar.

Tal aspecto das run bikes atende a um princípio que faz parte do aprendizado de andar sobre o veículo de duas rodas, que é o fato de que primeiro deve-se estimular o equilíbrio do aprendiz, e somente depois apresentar ao iniciante a pedalada.

A gerente de vendas Mariana de Tullio Pereira conta que a Maria, sua filha de 6 anos, não demonstrava interesse nenhum em utilizar as bicicletas regulares que ganhou de presente – até ser apresentada ao modelo adaptado.

“Em casa, demos uma bicicleta com rodinhas e pedal para a Maria desde os 2,5 anos de idade, mas ela nunca se interessou muito. Quando ela completou 5 anos, compramos uma bike um pouco maior e melhor e ainda assim ela não fazia questão de usá-la!”, explica Mariana.

A situação só mudou depois que a pequena teve contato com um veículo que permitia a ela ditar o ritmo da brincadeira, ao passo em que controlava com maior autonomia o próprio equilíbrio.

“Um dia, meu marido tirou as rodinhas e o pedal do veículo, que ficou parecendo uma run bike, e ela passou uma semana guiando o mesmo. Quando aprendeu de vez a se equilibrar, colocamos os pedais e ela saiu pedalando!”, conta a gerente de vendas.

A bicicleta adaptada propõe, ainda, o desenvolvimento dos aspectos motores, bem como da auto estima, do foco, da consciência corporal e do equilíbrio emocional da criança. Possibilita também uma brincadeira completa, na qual o pequeno é desafiado constantemente quando precisa lidar com frustrações ou limitações físicas e emocionais.

Por fim, as balance bikes possuem a vantagem de viabilizar ao ciclista iniciante o uso da bicicleta tradicional assim que ele dominar o equilíbrio. Confira no vídeo abaixo!

Sem pedal, rodinhas e freios, run bikes possibilitam manobras seguras

 

Vale ressaltar que o uso das bicicletas adaptadas é recomendado a partir do momento em que a criança passa a ter um bom domínio do próprio pé, geralmente entre um ano e meio e dois anos de idade. Como alguns modelos são reguláveis, o uso das run bikes estende-se até por volta do quinto ano de vida da criança.

 

Conheça as “Run Bikes”

O que são?
Trata-se bicicletas leves, sem pedal e sem rodinha, que visam proporcionar à criança um aprendizado autônomo sobre questões ligadas ao corpo, tais como coordenação motora, equilíbrio, autoconfiança, lateralidade e reflexo.

Que benefícios possuem?
♥ São ultra leves e fácil de controlar;
♥ são indicadas para crianças a partir de 18 meses;
♥ proporcionam equilíbrio, coordenação e a confiança à criança;
♥ são livres de corrente, pedais e saliências que podem machucar uma criança;
♥ propiciam uma transição suave, natural e segura para uma bicicleta de pedal.

Qual a faixa etária ideal para uso?
Entre 1 ano e 6 meses e 5 anos de idade

Onde comprar?
No Brasil, as duas principais distribuidoras das balance bikes são a Strider Bikes e a Runna Bikes. Em Campinas, as run bikes são vendidas na Loja Ninho – estabelecimento no qual Mães Amigas com carteirinha têm até 30% de desconto.

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1587 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também