Benefícios da natação para a respiração

18.01.2016 – A Organização Mundial de Saúde (OMS) estima que 300 milhões de pessoas no mundo, incluindo crianças, sofrem com a asma. Seu sintoma é caracterizado, principalmente, por dificuldade respiratória (falta de ar), tosse seca, chiado ou ruído no peito e ansiedade.

Dentre as opções para a melhora da asma e de outras doenças respiratórias, está a natação. Para entender mais sobre os benefícios da natação para a respiração, conversamos com nosso colunista, que é pediatra e especialista em Pneumologia e Alergia Pediátrica, Dr. Alfonso Alvarez:

Benefícios da natação para a respiração

1) Quais benefícios a natação traz para a respiração?

Diversos estudos científicos têm demonstrado os benefícios da natação para problemas respiratórios. A natação é um esporte completo e auxilia principalmente no fortalecimento de toda a musculatura respiratória, facilitando a respiração e melhorando os sintomas de doenças respiratórias, como Asma, por exemplo.

Ela alonga toda a musculatura intercostal, abrindo e fechando o espaço entre as costelas, movimenta a caixa torácica através dos movimentos de braços e trabalha a musculatura abdominal, facilitando a respiração diafragmática. Todos estes movimentos são coordenados com a respiração. O movimento de abrir e fechar o espaço entre as costelas facilita a musculatura inspiratória e expiratória, ou seja, enche os pulmões na inspiração e esvazia na expiração. O fortalecimento do diafragma é fundamental também nesse processo.

Outro benefício da natação é o aumento da umidade nas vias aéreas, resultante da alta umidade do ar inspirado no nível da água, o que reduz a perda de água pela respiração e diminui a viscosidade do muco das vias aéreas.

2) A partir de quantos anos é indicado iniciar na natação?

Os estudos demonstram que os benefícios cardiorrespiratórios ocorrem a partir dos 2 anos de idade. Antes disso a natação irá funcionar apenas como recreação, sem benefícios em relação à respiração. A partir dos 2 anos os benefícios da prática da natação já estão bem comprovados.

3) A natação auxilia em todos os problemas respiratórios?

Como a natação fortalece a musculatura responsável pela respiração acaba auxiliando na maioria dos problemas respiratórios.

4) É eficaz também para adultos que já tem o problema há muitos anos?

Sim, é eficaz em quadros como Asma e Enfisema.

5) A natação auxilia na melhora ou também previne?

Os estudos demonstram claramente os benefícios quando o paciente já apresenta sintomas. Ainda não está claro se a natação ajudará a prevenir o a aparecimento de sintomas respiratórios.

Por outro lado, a natação ajudará a prevenir problemas posturais, e como problemas posturais podem prejudicar a respiração, pode-se dizer que a natação irá ter um papel preventivo nesse sentido.

6) Além da natação, algum outro esporte é indicado para ajudar nos problemas respiratórios?

Sim, na realidade qualquer esporte aeróbico irá auxiliar nos problemas respiratórios. Desta forma, esportes como futebol, ballet, jazz, basquete e tênis trarão também benefícios. Inclusive é preferível, por exemplo, a criança fazer futebol ou dança com entusiasmo do que fazer natação contrariada. É então muito importante considerar a preferencia da criança na hora de escolher um esporte. O direcionamento que os pais devem dar é para que sejam realizados esportes aeróbicos, pois esportes como artes marciais terão menores benefícios nesse sentido.

A exceção é para as crianças com Asma que tem broncoespasmo desencadeado por exercícios. Sabe-se que a natação é o exercício que menos induz broncoespasmo, fato esse demonstrado em testes de broncoprovocação, realizados com diferentes tipos de exercícios físicos. Outros exercícios, como corrida e bicicleta, desencadeiam broncoespasmo de maior intensidade. Desta forma, a natação torna-se o esporte mais indicado para crianças com estas características.

Cabe lembrar também que a prática de esportes desperta na criança a vontade de ter um estilo de vida saudável, o que repercute em outros aspectos da vida, como na alimentação.

Outro aspecto importante, do ponto de vista pediátrico, é que toda criança deve aprender a nadar, por uma questão de segurança. Assim sendo, a criança deveria iniciar natação, e quando souber nadar, caso deseje, pode mudar a atividade física.

 

Alfonso Eduardo Alvarez

Escrito por: Alfonso Eduardo Alvarez

Confira os 6 posts publicados pela Alfonso Eduardo Alvarez

Veja Também