Basílio, Mickey Mouse e a deficiência visual

06.03.17 – No ano de 2016 muitos vídeos viralizaram pela internet, a maioria deles vídeos engraçados de humor. Mas, no mês de outubro foi diferente, o vídeo que viralizou na verdade arrancou lágrimas de muitos internautas. Estamos falando do vídeo do Basílio com o Mickey Mouse, na Disney!

Basílio, Mickey Mouse e a deficiência visual

Basílio é deficiente visual e o ator que estava vestido de Mickey, logo percebeu. Mickey impressionou a todos quando pegou as mãos de Basílio e o fez apalpar o rosto do ratinho, para que pudesse sentir através do tato. Tudo foi filmado e não demorou para cair na rede. Conversamos com o Basílio e sua mãe Célia para saber um pouco mais sobre eles e sua história de vida.

Basílio Santana tem 21 anos e mora em Bauru. Ele nos contou que no ano de 2015 foi o primeiro a comprar um pacote do Avião Chupim da rádio Metropolitana de São Paulo (Chupim é um programa de humor da rádio). Acontece que em 2016, a rádio decidiu dar um presente para o ouvinte número 1, ou seja, o primeiro comprador do pacote aéreo do Chupim. Basílio ganhou então no mês Outubro de 2016, uma viagem para a Disney com tudo pago pela rádio. Sua mãe, Célia Santana não ficou de fora e aproveitou toda a viagem junto com o filho.

Célia nos disse que a viagem foi uma experiência incrível, impossível de descrever em palavras. Ela contou que Basílio sempre gostou muito do Mickey desde sua infância.

Basílio, ou Basa, como gosta de ser chamado, não nasceu deficiente visual. Isso aconteceu aos 9 anos de idade quando descobriu que tinha a doença de Devic. Essa doença, atinge o sistema nervoso central podendo afetar qualquer parte do corpo. Na primeira crise de Basílio seu nervo ótico foi afetado, o mesmo responsável pela visão. “Como mãe me senti desesperada, não sabia o que fazer. Procuramos muitos médicos até descobrirmos o que tinha acontecido.”

Ela conta que a adaptação inicial foi bem complicada pois, não tinham contato com nenhum deficiente visual. No inicio ficaram confusos e com medo, mas logo iniciaram uma busca por informações sobre tudo o que iriam enfrentar. Célia conta que hoje sente como se já tivesse passado pelos obstáculos da vida.

Para Basílio foi um susto! Perder a visão tão jovem… “Demorei algum tempo para me adaptar, mas sempre tive minha família do meu lado.”

Ele relata que foi difícil enfrentar a doença, mas que tudo foi se resolvendo aos poucos, conforme ia aceitando sua nova condição de vida. Hoje, Basílio tem 21 anos e ainda sente alguns sintomas da doença de Devik como os enjoos, mas isso não o desanima! Uma das coisas que ele mais gosta de fazer atualmente é tocar guitarra, principalmente músicas de rock. “Ninguém deve desistir do seu sonho, pois quando realmente se quer tudo pode acontecer”.

 


Basílio, Mickey Mouse e a deficiência visual

 

Confira Também:

Livros infantis em braille

Mãe cria enfeite de super herói para aparelho auditivo

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1494 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também