A adaptação do meu filho no Japão: língua, cultura, alimentação

selo materia mae amiga

 

Stefanny Nakajima
Mãe do Daniel
♥  “A alegria, a força e a perseverança do meu filho, são meus combustíveis pra vida”

 

 

A adaptação do meu filho no Japão: língua, cultura, alimentação

Sou mamãe de um menino lindo de 5 anos,o Daniel. Atualmente moramos no Japão, e vou contar para vocês a minha experiência de colocar o Daniel em escola estrangeira!

Este ano eu o matriculei em uma escola japonesa, com o coração bem apertado, porém, sabemos que é o melhor pra ele… Afinal, se decidimos viver nesse país, precisamos estar habituados ao idioma e a cultura daqui.

adaptação do meu filho no JapãoFoi tudo tão difícil no início. Meu filho não conseguia se socializar, não conseguia realizar as atividades, recusava a merenda e se isolava muito! E eu, sofria junto com ele. Por várias vezes me senti culpada e quis voltar atrás. Já fui assistir aula com ele e ainda assisto (fazemos aulas de vocabulário juntos todo mês). A escola nos ofereceu todo suporte! Tem a intérprete, a psicopedagoga que nos acompanha nas aulas de vocabulário e a professora que é incrível, super dedicada, paciente e interessada em integrar o Daniel nas atividades da turma.

Aqui os japoneses prezam muito por autonomia e ensinam isso para as crianças desde muito cedo, por exemplo: As crianças servem o próprio almoço, limpam a classe, cuidam da horta, das flores e têm total responsabilidade sobre seus pertences e tarefas. Uma lição de cidadania!!

Já se passaram oito árduos meses desde o início das aulas e hoje o Daniel finalmente está conseguindo se expressar um pouco melhor, consegue compreender a sensei, brinca com as outras crianças, se adaptou à comida, adora os amigos, as professoras e já consegue acompanhar as atividades. E nós, os pais, continuamos fazendo nossa parte, sempre presentes e participativos na vida escolar dele, o incentivando e o apoiando.

Meu filho Ainda não é fluente na língua e enfrenta algumas dificuldades nesse quesito mas, o importante é que ele está se desenvolvendo e se adaptando ao novo mundo gradativamente. Essas coisas levam tempo e é imprescindível respeitar o ritmo dele, sem pressão!

Sei que pra alguns pode parecer muito pouco mas, pra nós já é uma conquista imensa!!! A alegria, a força e a perseverança do meu filho, são meus combustíveis pra vida! Obrigada pela oportunidade de compartilhar minha história com vocês!

A adaptação do meu filho no Japão: língua, cultura, alimentação

 

Confira também:

Como ser gestante na Austrália

Viajando com os pequenos para a Disney! Oba!!!

 

@ Mães Amigas

Escrito por: @ Mães Amigas

Confira os 1330 posts publicados pela @ Mães Amigas

Veja Também