ABA tratamento para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

 

 

Mariana Valente T.
Mestra, Psicóloga Especialista e Psicopedagoga
Grupo ABAcadabra

 

 

ABA tratamento para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

25.04.17 – Muito tem se falado do tratamento ABA para pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA).Inclusive, voc√™ j√° pode ter ouvido a express√£o ‚Äúm√©todo ABA‚ÄĚ. No entanto, √© importante esclarecer que ABA n√£o se define como um ‚Äúm√©todo‚ÄĚ de interven√ß√£o, restrito a essa popula√ß√£o.

A Análise do Comportamento Aplicada (ABA РAppliedBehaviorAnalysis) consiste na aplicação e/ou intervenção derivada da Ciência do Comportamento, que observa, analisa e explicaa associação entre o ambiente, o comportamento humano e a aprendizagem.

Mais especificamente, consiste na produção de tecnologia, vinculada à Psicologia Comportamental de Skinner, voltada para solução de problemas e demandas socialmente significativas.

Por se tratar de uma ci√™ncia aplicada, pode ser empregada em qualquer contexto que envolva comportamentos e rela√ß√Ķes humanas. Ou seja, n√£o se aplica somente aos TEA. √Č poss√≠vel utilizar a tecnologia produzida pela ABA em diferentes ambientes, como escolas, comunidades, cl√≠nicas e tamb√©m com pessoas com TEA.

A terapia ABA envolve o ensino intensivo e individualizado das habilidades necess√°rias para que o indiv√≠duo possa adquirir independ√™ncia e melhor qualidade de vida poss√≠vel (como comportamentos sociais, comportamentos acad√™micos, atividades de vida di√°ria), bem como a redu√ß√£o de comportamentos como agress√Ķes, estereotipias e fugas.

Assim, os principais objetivos da ABA são:

* Ampliação de repertório (ou seja, instalar novos comportamentos principalmente nas áreas de linguagem, vida diária, brincar, socialização e interação com o outro);

* Minimiza√ß√£o de¬†repert√≥rios disfuncionais (reduzir comportamentos como estereotipia, padr√Ķes de rotina e repeti√ß√£o);

* Inclusão social e generalização (programar para que o indivíduo generalize o que aprendeu para os ambientes sociais: comunidade em que vive, escola e demais contextos).

Pesquisas recentes t√™m demonstrado que ABA √© o √ļnico tratamento oferecido a crian√ßas com algum desenvolvimento at√≠pico, especialmente com diagn√≥stico de TEA, que possui evid√™ncia cient√≠fica suficiente para ser considerado eficaz.

O TEA é um transtorno do neurodesenvolvimento infantil caracterizado por dificuldades na interação social, comunicação, comportamentos repetitivos e interesses restritos, podendo apresentar também sensibilidades sensoriais (DSM 5, 2013).

Por se tratar de um espectro, os sintomas presentes no TEA englobam um cont√≠nuo, podendo ir de leve √† grave, o que permite aos especialistas explica√ß√Ķes a respeito das varia√ß√Ķes nos sintomas e comportamentos de pessoa para pessoa (Khouryet al, 2014).

E é justamente devido a essa variabilidade de sintomas e comportamentos que a ABA é aplicada às pessoas com TEA: por ser individualizado e estruturado de acordo com as particularidades de cada um.

Portanto, a Análise do Comportamento Aplicada (ABA) tem demonstrado ótimos resultados para com as pessoas com TEA, porém não deve ser entendida como uma intervenção exclusiva a essa população.

ABA tratamento para pessoas com Transtorno do Espectro Autista

Confira Também:

Autismo: Temos medo que excluam nossos filhos ou que nos excluam?

15 dicas de m√£es de autistas para conversar com seu filho sobre autismo

Criei um grupo de apoio sobre autismo depois dos gêmeos

Meu filho é autista

 

@ M√£es Amigas

Escrito por: @ M√£es Amigas

Confira os 1559 posts publicados pela @ M√£es Amigas

Veja Também