3ª edição do Mercado de Pulguinhas

11.09.2013 – A 3ª edição do Mercado de Pulguinhas chegou! Se prepare para renovar o guarda roupa do seu filho de 0 à 3 anos nos dias 20 e 21 de Setembro sem gastar muito com isso. E melhor, Mães Amigas poderão entrar com 1 hora de antecedência!

Não sabe o que é? Então pense comigo…

Os primeiros anos de vida dos nossos pimpolhos são recheados de presentes. São avós, tios, primos, padrinhos e amigos que sempre aparecem com um pacote em mãos. Sem contar, claro, o nosso investimento: cadeirão, berço, carrinho de passeio, cadeirinha para carro, banheira, trocador, decoração do quarto, porta trecos, roupinhas, sapatinhos, brinquedos, acessórios….Ufa!!! É coisa que não acaba mais…

Vamos lembrar também que esse início de vida é o período de maior desenvolvimento das crianças. Portanto, aquela peça lindinha que a vovó comprou irá durar apenas alguns meses no corpinho dos nossos pequenos. E agora? O que fazer com todo aquele armário “semi-novo” que não serve mais? E com aquele cadeirão que está intacto, pois seu filho nunca quis sentar para comer? O que vou vestir nela já que o vestidinho fofo da vovó não serve mais? “BORA” comprar mais, mais e mais… Depois que eles crescerem (aqui estamos falando de meses), novas peças não servirão de novo e novamente “BORA” comprar mais, mais e mais!

Mafê com blusinha do Mercado

Pensando que você não é a única mãe do planeta, você já parou para pensar na quantidade de produtos infantis que circulam por aí? É um consumo completamente desequilibrado. E para onde você acha que tudo isso vai quando eles ficarem velhos e inutilizados? Para o lixo, claro! E você já parou para pensar que com o tempo, não teremos mais lugar para esse lixo todo!?! Afinal, são diversas mães espalhadas por todos os cantos do mundo com produtos novinhos dentro dos armários sem saber o que fazer com tudo aquilo.

E é nesse momento que muitas delas conseguem perceber que é hora de economizar, reciclar, reaproveitar, doar e educar os nossos pequenos sobre a importância de preservar o nosso planeta e cuidar da nossa sociedade. Afinal eles seguem os nossos exemplos, certo?

Foi com foco em todo esse universo materno – que é encantador, mas também “bancário” e nada ecológico – que as mamães Silvia Delman (mãe do Frederico de 2 anos e gravida do Guilherme), Maria Victória Zambrone (mães dos gêmeos Joaquim e Maria Rosa de 2 anos e 11 meses) e Tatiana Maudonnet (mãe do Matheus de 7 anos e da Nathalia de 4 anos) se uniram para buscar uma solução econômica, social e sustentável.

Acreditavam que simplesmente doar para uma instituição não era a melhor alternativa já que muitas delas precisam de itens básicos e não de roupas importadas e produtos de grifes.

Pensaram também que não podiam simplesmente trocar as peças entre as mães, pois, além de ser desvantajoso para algumas, os filhos mais velhos ficariam sempre sem opção…

Então decidiram criar um mercado onde as mães pudessem:

♥ Vender aqueles produtos que elas adoravam, mas que não serviam mais para os filhos delas;

Comprar peças em ótimo estado, mantendo os filhotes na moda, sem gastar muito com isso

Ajudar as instituições carentes pois elas recebem 5% de tudo que é vendido no local, de acordo com a necessidade da instituição beneficiada

Participar de uma cadeia de consumo criativo, já que as mamães não estão comprando produtos novos e sim produtos semi-novos.

Mercado das Pulguinhas

Tatiana, Maria Vitória e Silvia

E foi com base nessa filosofia, com muita organização e entusiasmo, que as três decidiram transformar o conhecido mercado das pulgas em algo mais consciente, social e com o pensamento no futuro dos pequeninos… E criaram O MERCADO DE PULGUINHAS!

O Mercado de Pulguinhas é para você que curte comprar roupinhas da moda, objetos legais e adora uma oportunidade para compras inteligentes, com boas aquisições a precinhos especiais.

“Acredito que participar de uma cadeia de consumo criativa, onde podemos reciclar o que usamos e reaproveitar o que os outros já não usam, não é só uma ideia interessante, mas um dever que temos perante a sociedade, o meio ambiente e uma oportunidade de ensinar e incentivar nossos filhos a serem consumidores conscientes para mudar esta realidade.” – Maria Vitória Zambrone

 

Confira algumas peças do Mercado de Pulguinhas

“Achamos que assim era uma oportunidade de liberar espaço em casa e adquirir novos itens para próxima fase dos pequenos por preços super especiais” – Silvia Delman.

 

As organizadoras recebem as peças e juntas fazem uma seleção apenas daquelas que atendem ao perfil do mercado. O critério usado é escolher somente itens que elas comprariam para os próprios filhos. Em sua maioria são produtos pouquíssimos usados, importados ou de marcas conhecidas.

“Como selecionamos antes, as mães tem a garantia de comprar produtos avaliados previamente em excelente estado.” Tatiana Perin Maudonnet

 

Gostou da ideia? Então participe!

Pela primeira vez uma edição do mercado será dentro da instituição beneficiada. Para quem ainda não conhece a Associação Pestalozzi, é uma boa oportunidade para conhecer o trabalho lindo feito por lá.

 

Anote na agenda e não perca essa oportunidade!

FAIXAMP3Dia 20.09 das 12:00 às 17:00hs

Dia 21.09 das 10:00 às 17:00hs

Horário Especial Mães Amigas: Apresentando a carteirinha você poderá entrar com 1 hora de antecedência no dia 20.

Local: Sede da Associação Pestalozzi

Endereço: Rua Alayde Nascimento de Lemos, 570 – Jd. Guarani

 

Lembrando…

Embora para essa próxima edição as entregas de produtos já tenham se encerrado no dia 30 de agosto, fique atenta pois o mercado também é para você, mamãe, que está com seus maleiros cheios, que possui caixas e mais caixas repletas de coisas “super legais” e já não sabe mais onde guardar tudo isso. Você pode oferecer esses itens a uma mãe que pode estar procurando exatamente o que você tem e ainda ganhar, de quebra, um dinheirinho e viabilizar novas aquisições? Portanto fique ligada na Fanpage para não perder o próximo prazo de entrega,ok?

“Eu ficava morrendo de pena das polos do meu filho e tantos outros itens novinhos que não serviam mais. Minha sogra e minha mãe viajam muito e trazem muitas coisas para os netos. O bazar para mim foi uma solução maravilhosa, pois posso dar um destino para essas roupas boas de grife e que estão novas! E com o dinheiro que ganho da venda, compro o novo vestuário! É uma grande chance de não jogar dinheiro fora!” – Regina Campagnone, mãe de Eduardo (4 anos) e Mariana (1 mês).

Adote também essa filosofia

– Reduzir a aquisição de peças novas

– Reutilizar itens em excelente estado

– Refletir e praticar compras inteligentes

– Renovar o guarda roupa e acessórios dos pequenos

– Responsabilizar-se por seu entorno

 

 

selo-publieditorial

Michelle Occiuzzi

Escrito por: Michelle Occiuzzi

Confira os 60 posts publicados pela Michelle Occiuzzi

Veja Também