? Mães Amigas - 36ª Festmalhas Jacutinga

36ª Festmalhas Jacutinga

Sábado às 11h00 recebo uma ligação da minha irmã mais nova me convidando para ir para Jacutinga. Como eu nunca tinha ido, resolvemos aceitar o passeio. Para mim Jacutinga sempre foi aquelas programas (que futuramente – bem futuramente – nós mães amigas vamos fazer) de excursão da terceira idade…rs….estava errada!

Jacutinga 5
Aproveitamos o soninho do Miguel nesse meio tempo e encaramos aproximadamente 1hora de estrada, saindo de Campinas/SP. Chegando lá encontramos com minha irmã e família no Restaurante “Recanto dos Amigos”, que fica alguns metros da entrada principal da cidade. Restaurante self service, comida mineira à R$ 25,00 por pessoa, come a vontade. E de quebra nossos filhos podem se distrair no parquinho. Santos restaurantes que pensam nos pais que possuem filhos! Parabéns!

 

Hora de fazer a digestão e encarar a famosa feira de Jacutinga! Entramos na cidade e demos de cara com uma passarela de lojas. Lojas de malhas por todos os lados com vitrines que atraem olhares das mulheres que adoram comprar!

Seguimos adiante até o Pavilhão Central, onde estava sendo realizada a feira. Muitas plaquinhas sinalizam o local. Estacionamentos cobram uma média de 15,00 o período, mas na rua existem muitas vagas disponíveis, basta caminhar um pouquinho até as diversas entradas que o evento possui.

Chegamos! E entramos em um corredor gigante com stands lado a lado. Um carpete preto e guardas chuvas coloridos decoravam o ambiente que estava lotado! Era gente para tudo quanto é lado e sentido. Eu com minha asma ficamos de alerta. Pego o Miguel no colo e caminho olhando por cima tudo o que a feira oferece. Sou consumista controlada, mas A-D-O-R-O parar, olhar, avaliar mesmo que não esteja precisando. Mas com Miguel no colo, que já não se encontrava no seu melhor humor, estava difícil.

Jacutinga

Marido (hoje ele foi! rs) resolveu distraí-lo em uma área para crianças onde estava montado o Jacabool. Crianças entravam nas bolhas e tentavam correr pela água se divertindo a beça. Miguel ficou ali uns 30 minutos, e não queria ir embora de jeito nenhum. Então, depois de finalmente conseguirmos voltar para o foco principal do passeio, resolvemos fugir das outras áreas kids que sinalizavam no local, pois caso contrário não iríamos aproveitar nada, já que já eram 15h00.

Jacutinga9

De todas os inúmeros stands que tinham, apenas 10% tinham como foco venda de malhas para crianças. Gente tudo MUITO barato. Malhas à 10,00, 20,00, 30,00. E com direito a pechincha que é a melhor parte.
“Moço quanto custa isso?”
“Este está 13,00”
“Você faz por 10,00?”
“Faço!!!”
Maravilhaaaa! Muito fácil barganhar, uma das coisas que mais adoro. rs

Jacutinga 3

Resolvemos sair para respirar um pouco, pois confesso que não gosto muito de locais fechados e escuros, além do meu braço estar doendo, já que o Miguel só queria ficar no meu colo. Demos de cara com um trenzinho, e para alegrar o Miguel, e meus braços, fomos dar uma voltinha. O passeio custa $3,00 (o adulto). Sentamos, e lá fomos nós explorar a cidade. Juro que eu não imaginava como o centro era extenso. Muitas lojas, muita gente, muitas barraquinhas, estilo a rua principal de Serra Negra. Fiquei animada para voltar lá, a céu aberto, e olhar cada uma daquelas lojinhas. Amo! Enquanto isso Miguel se alegrava ao ver o chafariz e por sentar sozinho, na janela do trenzinho. Pausa! O maquinista nos levou até uma fonte, onde pudemos beber água com bastante cálcio e fresquinha direto da torneirinha. Miguel só encheu o copo 275 vezes. Ahahahah.

Jacutinga 1

Hora de reencontrar a família e tomar um café com pão de queijo. Claro! Em Minas não tem como recusar.
No centro tinham várias opções, mas ao final do chafariz, encontramos uma vaga e resolvemos por ali ficar. Na frente um café simples com pão de queijo no palito (lembrei da Casa da Broa). Gente simpática, sorridente, disposta a fazer o melhor para você. Recomendo esta pausa para ganhar energia.

Jacutinga 2

Por ali ficamos mais um pouco. Resolvemos percorrer as lojinhas. Muitas delas. Preços tão bons quanto na feira, só mais difícil de pechincar. Mas o fato de estarmos em um ambiente aberto me agradou mais. Só então consegui comprar algumas coisinhas a mais, mas sem exagero. Mães sempre acabam pensando mais nos filhos do que nelas mesmas, então o resultado das compras foram os que seguem abaixo.

Jacutinga 4B

Minha percepção:

O passeio é divertido para quem gosta de comprar e sim, vale muito a pena! Qualidade das malhas e preços são excelentes. Ir sozinha com seu filho, dependendo da idade, será loucura. Você não conseguirá ver nada, ainda mais se estiver lotado. Então de duas, uma. Vá com alguém que possa te ajudar a olhar os pitocos ou faça uma excursão apenas com as mães amigas. (Mas não de terceira idade ainda…rs). Vá cedo para aproveitar, e não como eu, que cheguei lá quase ás 14h00. De verdade messssmo, eu não sei se o foco está na feira. Senti que a cidade inteira estava com preço bom. Eu na próxima, caso vá, iria direto nas lojinhas do centro. Pedi dicas para as mães amigas do grupo e eis as lojas citadas, entretanto, não consegui ir em nenhuma delas por falta de tempo.

Vanessa Dalmédico: Loja algodão doce eh uma perdição para nós mulheres.

Camila Catacci Braga: Modelan é excelente! E Doce de coco também!! Maravilhosa! Só coisas lindas e diferentes!

Quem tiver mais dicas, deixe em comentários! E para quem for, bom passeio, e boas compras!!!

A 36ª FestMalhas acontece no Pavilhão Central, à Rua Professor Felipe Augusto Wolf, s/n, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h e aos sábados, domingos e no feriado, das 8h às 20h. Os desfiles acontecem no Espaço Fashion e são realizados nos finais de semana e feriado. Ao todo, 70 estandes de fábrica compõem a Feira que oferece ambiente climatizado, praça de alimentação, espaço kids, cinema 6D e jacabool (bola inflável onde as pessoas entram e ficam dentro da água). Para essa edição, a Feira conta com a presença vip de Luigi Baricelli, no dia 1º. de junho, Karina Bacchi, no dia 8 de junho e de Amanda Françozo, no dia 15 de junho. (Eu não vi o Luigi! Que pena! rs)

Polyana Pinheiro

Escrito por: Polyana Pinheiro

Confira os 126 posts publicados pela Polyana Pinheiro

Veja Tambm