? Mães Amigas - 16 manias estranhas que você pensava que só o seu filho tinha

16 manias estranhas que você pensava que só o seu filho tinha

15.02.2018 – Amigos imaginários, coleção de pedras e até carrapicho de estimação são algumas das 16 manias estranhas que você pensava que só o seu filho tinha, mas a gente te garante que ele não é o único!

Por isso, listamos os comentários de algumas mães que compartilharam conosco as peculiaridades de seus pequenos. Alguma delas também acontece na sua casa? Confira!

 

16 manias estranhas que você pensava que só o seu filho tinha

 

1. Brincar com brinquedos quebrados

“O Caio tem uma caixa cheia de peças avulsas, tipo braço de um boneco, 1/2 asa de um super herói, uma roda de um carrinho, rabo de um jacaré… e ele não deixa jogar fora! Inclusive, brinca TODOS OS DIAS com os brinquedos quebrados e, quando vamos viajar, ele separa alguns para levar!!”

Isabela Nelly, mãe do Caio, de 6 anos

“Meu filho também brinca com brinquedos quebrados! Um dia, quando tentei jogar fora as peças avulsas, ele me disse que eu não vejo as coisas como ele vê!”

Lívia Brigoni Balanin, mãe do Henrique, de 7 anos

 

2. Pedir comida de almoço e janta no café da manhã

“Tem dias que o Murilo já acorda pedindo comida. Até aí, tudo normal. Quando eu ofereço pão, leite, iogurte, etc para ele, ele responde “Não, mãe, eu quero arroz, feijão e carne”. Estaria tudo certo também, se ele não dissesse isso às 8h da manhã.”

Polyana Pinheiro, mãe do Murilo, 3 anos, e do Miguel, 7 anos

 

3. Contar histórias para os pets

“A Isabela deita na rede com a nossa cachorra, uma viralata, e conta histórias. Pega o livro e lê! E a cadela fica deitadinha do lado dela ouvindo!”

Tatiane Ferrara, mãe da Isabela

 

4. Esquecer de comer o que tem em mãos

“O Diego fica com um biscoito ou bolacha na mão eternamente… Quando ele percebe, dá aquela mordiscada e continua segurando!”

Marina Storti, mãe do Diego, de 1 ano e 10 meses

 

5. Colecionar objetos estranhos

“Aqui colecionam pedras! Não podem ver uma que enlouquecem e levam. Tenho que ficar vigiando o tempo todo, mas mesmo assim escapa e, às vezes, eu encontro alguma pela casa.”

Patricia Figueira, mãe da Hannah, 9 anos, da Ariella, 5 anos, e do Noah, 2 anos

“O Mateus coleciona pedras de qualquer tipo. Se estiver na rua, avistar uma pedra e gostar dela, ele guarda até na meia, caso não tenha bolso na bermuda. Já colecionou penas também, até que trouxe uma de urubu e eu precisei conversar com ele sobre esse gosto. Na ocasião, ele me disse: “Mamãe, mamãe, trouxe uma pena muito especial! É de urubu!!!”

Samantha, mãe do Mateus

“O João junta pedacinhos de plantas na escola e os guarda na mochila, dizendo que é para o “Pollito” (pintinho em espanhol). A professora já até me perguntou se ele tem um pintinho de estimação e eu disse que não, mas segundo ele, o Pollito existe e vem à noite. Tenho que ir jogando os pedacinhos de plantas escondido do João, porque se ele ver, fica bravo comigo.”

Priscila Nucci, mãe do João, de 4 anos

“O João Pedro coleciona ponta de lápis quebrada, de todas as cores e tipos! Deixa no estojo e, depois que eu insisto muito, ele coloca numa caixinha que fica na gaveta da escrivaninha.”

Silvia Bertoni, mãe do João Pedro, de 9 anos

“Aqui colecionam pedras, mas também levam todo tipo de bicho pra casa… joaninha, tatuzinho, formiga, aranha pequenininha (daquelas que ficam em casa, das pernas fininhas), e por aí vai. Só que ultimamente, quem anda dando trabalho mesmo é a mais nova, que passou a colecionar rolos de papel higiênico quando eles acabam, além de todas as caixas de papelão que encontra pelo caminho… Socorro!”

Cristiane Reis

“Eu brinco dizendo que o Pedro é meio Zé do lixo rsrsrs… Ele ama embalagens recicláveis. Esses dias eu tive que guardar para ele, obrigatoriamente, as 6 caixas de ovos que ia jogar no reciclado.”

Juliana Fantinatti, mãe do Pedro, de 5 anos

 

6. Ter seres inapropriados como bichos de estimação

“A minha filha gosta de tudo o que para mim parece bizarro. Recentemente, depois de brincar o dia todo com um carrapicho, ela decidiu que ele seria seu carrapicho de estimação. Então o chamou de “Espeto”, colocou-o num estojinho plástico com algodão úmido para ele não morrer (rsrs) e o levou até para a escola, pois queria que a professora o conhecesse.”

Elis Paulucci, mãe da Yasmin, de 7 anos

“A Isabela também adota coisas estranhas! Outro dia foi uma joaninha que ela levou consigo por uns 2 dias.”

Tatiane Ferrara, mãe da Isabela

 

7. Conversar com as plantas

“A Yasmin conversa muito com as plantas! Conta segredos e tudo. No ano passado deu até briga na escola, porque ela contou um segredo para a planta e não contou para a amiga… A amiga chorou, ficou de mal, e ela dizia que aquilo era só entre ela e a planta, mais ninguém! rs”

Elis Paulucci, mãe da Yasmin, de 7 anos

 

8. Andar com um pé descalço

“O Léo só fica calçado com sandália no pé esquerdo! Coloco os dois pés, mas quando eu vejo, ele já tirou o direito… É assim com todos os tipos de calçados!”

Tatiana Tanaka, mãe do Léo, de 2 anos

 

9. Ter hábitos alimentares estranhos

“O meu mais novo come doce e salgado ao mesmo tempo. Ex: Pão com café e iogurte do lado… Ele morde o pão, depois toma o iogurte e vai alternando até acabar.”

Ana Claudia Souza, mãe do João Vitor, 2 anos, e da Anna Júlia, 8 anos

 

10. Tirar as roupas de todas as bonecas

“A mania aqui são as bonecas peladas. Não venço colocar as roupas nas barbies! Já desisti. Pode estar frio ou calor que as bonecas estão peladas.”

Regina Zanes, mãe da Sofia, de 6 anos

 

11. Solicitar a mãe mesmo se o pai estiver mais perto

“Quando o Murilo, meu filho menor, quer um copo de água, por exemplo, ele me chamam para ajudá-lo mesmo que eu esteja no quarto e o meu marido esteja na cozinha.”

Polyana Pinheiro, mãe do Murilo, 3 anos, e do Miguel, 7 anos

 

12. Fazer experimentos com comidas

“A Aninha, quando está sozinha em casa ou quando estamos só nós duas e eu dormindo, faz experiências com comida. Tipo, mistura pó de café com farinha, shampoo com gelatina, etc num potinho e coloca no freezer.”

Lucinha Oliveira, mãe da Priscila, hoje com 29 anos, e da Ana Carolina, 16 anos

 

13. Comida para o ladrão

“De vez em quando (não deixo sempre), minha filha faz “comida para ladrão”. Ela pega um pote e vai juntando tudo o que vê pela frente (grama, lama, tinta, cola, detergente) com coisas que eu dou para ela (arroz e milho cru, temperos já vencidos, bicarbonato – ela adora, porque faz bolhas -, pimenta, etc). Aí mistura tudo, coloca a meleca para curtir no sol e depois deixa na varanda, porque se um ladrão entrar em casa, ele vai comer e passar mal. Antes eu deixava fazer numa tigela, agora dou para ela um pote vazio de sorvete e, quando vou jogar fora, jogo com pote e tudo, porque a mistura é nojenta!!”

Elis Paulucci, mãe da Yasmin, de 7 anos 

 

14. Dividir comidas com o pet

“Meus filhos dividem o jantar com o cachorro – escondido de mim! Comem só 50% do prato, e a outra parte fica para o bixano quando viro as costas… (Descobri esses dias). E pensar que eu ficava super feliz achando que eles estavam jantando tudo.”

Milena Moutinho, mãe do Luís, 3 anos, e da Maria Julia, 6 anos

 

15. Ter apego em uma mantinha

“Minha filha chupa – isso mesmo, chupa! – o tetezinho (é uma cobertinha dela). A mantinha fede à baba e eu custo esconder para lavar! rs”

Fernanda Araújo

 

16. Levar tupperware para o chuveiro

“É só por aqui essa tara de “pegar um potinho para brincar”???”

Polyana Pinheiro, mãe do Murilo, 3 anos, e do Miguel, 7 anos

“Em casa também tem! Quando eu vou tomar banho, sempre tem algum cheio, porque minhas meninas aproveitam para deixar um “chá” para mim! rs”

Patricia Pereira Góes

 

Confira também:

12 coisas que só os pais fazem com os filhos

Bárbara Brambila

Escrito por: Bárbara Brambila

Confira os 82 posts publicados pela Bárbara Brambila

Veja Tambm